Basta de chavões, vamos aos factos (3)

Falso: “(…) em muitos processos mais mediáticos da ERC, em que “estava em causa o poder político”, “ocorreram verdadeiras entorses às mais elementares normas procedimentais”, sendo o caso TVI o “mais recente exemplo”. “O que condicionou indelevelmente os resultados da investigação” aqui

Os factos: veja-se o Parecer de uma entidade externa independente – o Provedor de Justiça  – sobre  a reclamação de Mário Crespo contra “aspectos procedimentais” que, segundo o reclamante, não teriam sido cumpridos pela ERC (págs. 1 e 2 do Parecer) na sua Queixa contra o Jornal de Notícias.  O Provedor de Justiça concluíu (pág 9) que “do ponto de vista procedimental (…) não há razão para qualquer diligência, designadamente junto da ERC”.

A reclamação pode ser lida aqui deliberacao4outi20101-2

A Queixa contra o jornal de Notícias aqui “ ?attachment_id=415

About these ads
Esta entrada foi publicada em ERC. ligação permanente.

2 respostas a Basta de chavões, vamos aos factos (3)

  1. Pingback: Não há pachorra… | VAI E VEM

  2. Pingback: Lindo serviço… | VAI E VEM

Os comentários estão fechados.