Porreiro pá!

Tanto barulho em torno dos dois documentos da troika para afinal  “Bruxelas” vir hoje esclarecer que os ajustes no documento da “troika” não alteram o acordo.
Imagina-se a frustração de quem na campanha andou dias a fio a bramar contra as “alterações de fundo” introduzidas ao acordo sem conhecimento da Oposição!  Os jornalistas alinharam pelo clamor, enquanto José Sócrates  debalde  dizia  que se tratava apenas de  “ajustamentos pontuais”. Qual quê, afirmavam os comentadores. Também o professor Marcelo veio  referir este Domingo que as alterações ao acordo “não são irrelevantes”. Afinal, segundo o porta-voz da Comissão este tipo de ajustes são habituais.
Dirão alguns que  depois do “porreiro pá” na altura do Tratado de Lisboa, “Bruxelas” (leia-se a Comissão, leia-se Durão Barroso) veio agora, mais uma vez, dar uma ajuda a José Sócrates ao esvaziar o balão das “versões diferentes” do acordo.  Ainda por cima com a campanha a aproximar-se do fim sem que Barroso tenha dado  sinal de apoio ao seu partido.
Sócrates já tinha, aliás, confessado  ao Expresso,  na entrevista à Revista Única” (pág. 32), colocando  ênfase no assunto, que  ia dizer “uma coisa” –  “talvez seja este o momento de a dizer”-  “houve poucas pessoas que ajudaram” quando o Governo travava “uma batalha muito difícil” para evitar pedir ajuda externa  “a primeira pessoa” que ajudou Portugal “foi Durão Barroso” que “[s]empre se portou como um patriota e um europeísta” e “Angela Merkel também nos ajudou em toda esta batalha”
Não houve, por enquanto reacções nacionais ao esclarecimento de “Bruxelas” sobre o acordo com a troika nem à revelação de Sócrates  sobre mais esta prova do apoio de Barroso.
Mas há que verificar que os “amigos” de Sócrates não são lá muito “canónicos”: no PSD não se acha graça nenhuma à solidariedade de Barroso com Sócrates. No PS  Mário Soares foi no comício do Porto muito claro sobre o que pensa da senhora Merkel…
É caso para dizer que se as eleições portuguesas fossem na Europa,   Sócrates estaria bem colocado para “coligações” ….
About these ads
Esta entrada foi publicada em Política com as etiquetas . ligação permanente.

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s