Se não fosse o sexo na Casa dos Segredos…

Muitos andam indignados com as cenas de sexo na Casa dos Segredos. Primeiro era sexo  debaixo do édredão,  apenas perceptível pelos movimentos captados pelas câmaras e visionados pelos seguidores da “casa” ou descritos pela apresentadora Teresa Guilherme nas “galas” do fim de semana, quando no seu jeito de “dona de bordel”  chama os concorrentes ao “confessionário” e os confronta com as cenas que a “produção” espera,  porque são elas que dão sentido  ao programa.

“Teresa” ou “dona Teresa”, como lhe chamam alguns, explora e provoca os concorrentes para excitação da turba presente nas “galas”. Eles, os papalvos concorrentes, não fazem mais do que aquilo que deles se espera: durante o dia espreguiçam-se meio nús (tapam-se em baixo quando se destapam em cima e vice versa) na ociosidade do dolce fair niente esfregando-se uns nos outros e à noite vagueiam de cama em cama  passando finalmente do esfreganço à “acção prática”.

Agora, o país vibrou porque houve sexo ao vivo. Era “oral”, segundo os jornais e se viu num vídeo que anda por aí a circular. Até Domingo, final da “Casa”, espera-se que a fase da “oralidade” seja ainda ultrapassada. Para excitação de Dona Teresa e dos seus comparsas.

Aguarda-se que o povo nomeie como vencedor da “Casa” um dos  concorrentes que fizeram sexo, de preferência sem édredão, quanto mais não seja por serem eles aqueles que melhor correspondem aos objectivos da “produção”.

O País agradece. O Povo anda  triste e deprimido com os discursos do primeiro ministro. Os jornais e as televisões só falam e mostram desgraças e pobreza. Os comentadores fazem balanços sem interesse nenhum….Os chineses já chegaram e os angolanos estão a caminho. Os brasileiros parece que se estão a ir embora…  

Se não fosse o “sexo” na Casa dos Segredos, o povo ia-se abaixo….

Advertisements
Esta entrada foi publicada em Sociedade, Televisão. ligação permanente.

3 respostas a Se não fosse o sexo na Casa dos Segredos…

  1. José diz:

    A História deste “reality show” será feita e nessa altura ninguém se admirará pois de facto a nossa doente sociedade vive na dependência da mentira, virtualidade, irrealidade. Em psicologia chama-se a isto “paranoia” mas os sociólogos de nenhum conceito tão firme dispõe ainda para definir o que se passa. Ora as Endemol/TVI limitam-se a explorar tão deplorável lacuna na mira dos seus particulares objectivos os quais resumo numa palavra: lucro.
    Nesse sentido vemos e ouvimos o que eles consentem e tudo é planificado de modo a tal objectivo ser cumprido. Dispõe de uma equipa para o efeito a qual inclui psicólogos e sociólogos entre outros, e que nesse sentido aplicam o que melhor se sabe sobre (entre outros) gestão de conflitos, reflexos condicionados, comportamentos, emotividade, instinto, obviamente audiovisual e marketing …é que se trata de um negócio de milhões de Euros como qualquer pessoa que saiba a tabuada pode facilmente concluir, pelo que nada pode ser deixado ao acaso ou na dependência uma vintena de jovens escolhidos para o efeito, suficientemente incultos, frustrados, imaturos, paupérrimos de espírito mas…riquissimos de aspecto. Adoro a Petra. Mas ela e os restantes não constituem (felizmente) qualquer amostragem da nossa juventude muito embora (infelizmente) sejam por alguns vistos como tal. Broncos, ignorantes, aventureiros, ingénuos, desiquilibrados, obedientes, desavergonhadamente exibicionistas e de fraquissimo ou nenhum carácter, são a matéria prima para o que quer que se queira deles fazer e a Endemol/TVI fazem-no hora a hora não vá o seu objectivo falhar. Para isso foi estabelecido um contrato leonino que os pune caso tenham algum acesso de “normalidade”, vergonha, carácter, desobedediência à “voz” ou desconsideração pelos desavergonhados orientadores e imbecís apresentadores desse, como demonstrei, falso Reality Show. Não é. De realidade tem apenas as excepções à regra derivadas sem dúvida de erros de casting que versão a versão vão sendo porém corrigidos (vamos na 3), e de show apenas a encenação. Sexo simulado que até parece real (não digo que tamém não haja pois parvinhos ou não trata-se de gente com pilinha e pipi), expulsões sem qualquer prova de autenticidade, a artificialidade dos conflitos discussões e atritos, câmaras e microfones absolutamente controlados não vá a falsidade transbordar…uma generalizada fantasia seja ela dos papalvos que acriticamente vibram com essa vintena de maus actores seja destes e seus paranóides objectivos de vida, explicam-nos quase diariamente, as razões porque concorreram e os projectos que acalentam.
    É disto tudo (e bem mais mas quero abreviar) que uma História que se decerto um dia se fará irá falar. Obviamente ainda do contexto onde tudo isto se passa e o torna compreensivel. Carentes somos todos nós. Tornou-nos assim uma oligarquia nisso interessada para poder continuar oligárquica. Pão e circo.
    Vejo a Casa dos Segredos todos os dias e não tenciono deixar de o fazer. É que por não ser um reality show mas um negócio sujo muito exemplar do nosso tempo, por ter gajas boas e gajos mais estúpidos que eu (à excepão de obvios erros de casting que graças a deus tornam espantosamente ali deslocados certos concorrentes merecedores do meu maior respeito, claro, mas também muita compaixão) enche-me as medidas pois nele disponho de farta matéria para reflexão. Decerrto também para masturbação mas como não tenho esse «vício» nem sou voyeur…acho uma piada do caraças a casais pagos para simularem relações sexuais «em directo» e que das duas uma: ou não sabem simular devidamente para gáudio de quem os veja mas conserve lucidez, ou acabam por as ter mesmo para gáudio de quem os veja e perca essa lucidez …enfim, na Casa dos Segredos como na Assembleia da República ou no Vaticano ou nas nossas casas, mera questão de competência…
    Está quase a dar na Tv essa merda pelo que tenho que terminar esta merda.

  2. Pingback: Sexoral | OutofWorld – Mundo à Parte

  3. Scorpius diz:

    Enfim…um programa recomendado aos carentes!…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s