O deputado que “vai dormir para as reuniões da Maçonaria”

Esta noite, na SIC Notícias, Ricardo Costa e Eduardo Dâmaso zurziram forte e feio no líder parlamentar maçónico do PSD, não poupando também o PS  por não concordar com a existência de um relatório sobre as audições às secretas ocorridas na 1.ª Comissão Parlamentar, das quais foi conhecido o relatório do PSD e a versão final  “apagada” das menções à Maçonaria.

O deputado do PS, Ricardo Rodrigues, (ao qual os comentadores recomendaram que era melhor estar calado) explicou aqui a posição do PS.

Resumindo e concluindo: a embrulhada em que a Comissão Parlamentar se envolveu com as fugas de informação das versões dos relatórios para o Público e também para o DN, depois de em Setembro passado  a audição “à porta fechada” do ex-espião Silva Carvalho ter surgido no Expresso, a juntar à “sugestão” da deputada relatora Teresa Leal Coelho aos jornalistas,  para investigarem a fuga de informação (depois de dizer que apenas 5 pessoas conheciam os relatórios percebendo-se que visava o deputado Ricardo Rodrigues) mostram que o PS tem razão  em não subscrever relatórios de audições “confidenciais”.

Não se percebe a indignação da deputada do PSD e do seu líder parlamentar com as fugas de informação, já que se calaram quando o Expresso publicou o relato da audição de Silva Carvalho.

Não se percebe, é como quem diz. Percebeu-se, aliás, muito bem depois de  o Expresso divulgar que o líder parlamentar do PSD é membro da mesma loja maçónica que o ex-espião visado no relatório.

Luís Montenegro escusava de ter ouvido Ricardo Costa na SICN perguntar  se ele “vai dormir para as reuniões da Maçonaria”, comentando o facto de Montenegro ter dito que os jornalistas sabem mais da Maçonaria do que ele próprio.

Decididamente, foi uma terça-feira desastrosa para o PSD. 

 

 

Esta entrada foi publicada em Assembleia da República, Comunicação e Política, Jornalismo com as etiquetas . ligação permanente.

6 respostas a O deputado que “vai dormir para as reuniões da Maçonaria”

  1. Darvin diz:

    Haha. I woke up down today. You’ve chreeed me up!

  2. E se estes maçónicos fossem do continente africano eles é que saberiam comentar.

  3. Poderá dirigir essa pergunta aos comentadores citados. Ou não percebeu o contexto da citação?

  4. Meu caro, o comentário é do jornalista, limitei-me a reproduzi-lo.

  5. O SÁTIRO diz:

    E pq não se fala no líder parlamentar do PS e respectiva loja maçónica?
    e se ele vai ou não dormir para lá?
    possivelmente, anda bem acordado a mexer os cordelinhos da “máfia socialista com experiência na maçonaria”, como foi magistralmente descrita por figura do PS

  6. Parece conversa de “ilha” ou “vila” como soi dizer-se em Lisboa. Este espírito de coscuvilhice que impera por aí apenas confirma a minha opinião quanto à mediocratização (democratização da mediocridade, a palavra é minha) do pensamento nacional. A vulgaridade está ao nível da avaliação da arbitragem dos adeptos do futebol. Onde pára a nossa “inteligência”? Deve ter há muito seguido o conselho de Passos e emigrou.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s