Não bate a bota com a perdigota na entrevista do banqueiro

O banqueiro José Maria Ricciardi, presidente do BES Investimento deu este domingo uma entrevista ao Diário de Notícias. O título escolhido para a chamada de primeira página foi este: 

Mas podia ter sido este: 

“O programa de ajustamento do défice deveria ser feito num período mais alargado, sob pena de a recessão impedir o desenvolvimento económico em Portugal”. 

Ou este:

Se  há alguma obra que se conjuga com um aspecto estratégico da economia portuguesa, essa é o novo aeroporto de Lisboa”.

Dada a aparente contradição entre o facto de banqueiro considerar ser este o “governo mais corajoso da democracia em Portugal” e considerando que o primeiro ministro afirmou repetidas vezes que rejeita “a possibilidade de negociar com a troika um alargamento dos prazos de redução do défice inscritos do programa de ajustamento” ,

Pergunta-se ao banqueiro:

1. Onde está a “coragem” do governo? Será  a “coragem” de esmagar os portugueses com austeridade provocando a recessão que, na opinião do banqueiro, seria evitada com uma renegociação  com a troika mais alargada no tempo?

2. Como é que explica que o ministro da Economia do “governo mais corajoso do mundo” tenha mandado parar a construção do novo aeroporto de Lisboa, obra que o banqueiro considera “um aspecto estratégico da economia portuguesa?

Das duas uma: ou o banqueiro Ricciardi não conhece o programa do governo, não vive em Portugal e não lê notícias do país,  ou está a falar de outro governo.

É que, no que disse, não bate a bota com a perdigota…..

Esta entrada foi publicada em Economia, Sociedade. ligação permanente.

4 respostas a Não bate a bota com a perdigota na entrevista do banqueiro

  1. Fico contente por o saber.

    E já subscreveu a Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico?

    http://ilcao.cedilha.net

  2. Sou contra o acordo ortográfico, Octávio dos Santos

  3. Na imprensa de ontem esta entrevista foi a única coisa que lhe mereceu atenção? Por acaso leu o meu artigo no Público?

    É que continuo à espera de saber a sua opinião sobre o «aborto ortográfico».

  4. Também pode dar-se o caso de o banqueiro, quando deu a entrevista, ainda estar a dormir.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.