Queriam que o Procurador não cumprisse a lei…

O Procurador Geral da República deu uma excelente entrevista a Clara de Sousa, na SIC, comentada a seguir na SIC Notícias por José Luís Arnaut e Alberto Martins, que estavam no seu dia “de serviço” ao comentário, com Mário Crespo.

O Procurador é, como sabemos, um beirão que gosta de falar claro, embora a dicção nem sempre o ajude (o que acontece a muito boa gente que fala na televisão). A entrevista foi muito bem conduzida por Clara de Sousa, bem preparada e sóbria, indo sempre directa às questões essenciais: temas como a organização do Ministério Público, a constituição do Conselho Superior de Magistratura (CSM), os poderes do PGR, os casos mais mediáticos – Furacão, Freeport, Isaltino, Duarte Lima – a corrupção, a relação com os políticos, a criminalidade violenta, as escutas ilegais, tudo ou quase tudo o que gostaríamos de perguntar foi perguntado e respondido.

Chegado o comentário dos convidados de Mário Crespo,  José Luís Arnaut (JLA) esteve à altura da animosidade que figuras do PSD nunca esconderam relativamente a este Procurador. Tendo ele dito a Clara de Sousa que o lugar de PGR é um “lugar solitário”, logo JLA disse que ele se estava a queixar de “estar sózinho” porque tem más relações com a estrutura do MP, parecendo não perceber que o Procurador se referia ao facto de ser um órgão unipessoal. Logo depois aproveitou para comentar que o Procurador também já sabia os poderes que tinha pelo que não se queixasse (o procurador não se queixou apenas analisou). Como o Procurador tivesse dito que nenhum político lhe pediu o que quer que fosse em toda a sua vida de magistrado, JLA logo contrapôs que não era essa a ideia que passa, pelo contrário, e exemplificou com o facto de o Procurador ter respondido com muita pressa a perguntas de José Sócrates, parecendo assim que não era independente.  Depois de muito criticar o Procurador, lá elogiou a sua “seriedade e competência” (sem reparar na incoerência do que dizia, face ao que dissera antes).

Foi então a vez de Alberto Martins (AM), cuja indignação com o que ouvira apenas se adivinhava no tom mais rosa da face, porque a voz e o gesto nunca se lhe alteram (o que é uma pena!). Explicou  AM que o PGR tem razão em ter respondido com prontidão quando José Sócrates, que estava a ser linchado na praça pública, lhe pediu que informasse se era suspeito de alguma coisa ou se estava a ser investigado no caso Freeport. AM explicou que o Procurador se limitou a cumprir a lei que dá esse direito a qualquer cidadão. O mesmo, disse AM, quanto à composição do CSM, que não devia incluir magistrados do MP.

É então a vez de o moderador Mário Crespo insistir que  o procurador foi lesto na resposta a José Sócrates quando o processo ainda estava a decorrer…E criticou também o Procurador por ter más relações com a imprensa enquanto JLA condenava a excessiva visibilidade do Procurador.

Mas o que ambos não comentaram foi  o Procurador dizer que enquanto o caso Freeport esteve em segredo de justiça, as especulações e fugas não paravam mas agora que o processo está disponível para consulta ninguém escreve nada sobre ele. 

Em suma:

O que os comentadores JLA e M. Crespo  queriam, e do que o acusam, é de o Procurador teimar em cumprir a lei.

Esta entrada foi publicada em Justiça, Televisão com as etiquetas . ligação permanente.

3 respostas a Queriam que o Procurador não cumprisse a lei…

  1. baladupovo diz:

    A propósito da excelente entrevista do Sr. Procurador, retenho, entre outras constatações, aquela que referiu: “se todos os governos que entrassem levassem a tribunal os que saem, então acabava-se a Democracia.”

  2. Vicente Silva diz:

    Mário Crespo ainda não conseguiu exorcismar os espíritos malignos que lhe atormentam o sono.Recomenda-se que mude de espiritualista.
    Apreciei a frontalidade beirã do Pocurador.

  3. João Barradas diz:

    Do Mário Crespo já sabems o que a casa gasta e o outro José Luís Arnault só dz o que mais lhe convêm e o contrário Também! Enfim, Portugal no seu melhor! O Procurador é preso por ter cão e por não ter!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s