Os tribunais estão de férias: a honra das pessoas que se lixe!

“O extenso documento foi lido a uma grande velocidade

Acórdão do caso Freeport não ficará disponível antes de Setembro

27.07.2012 – 12:44 Por José António Cerejo

“Acórdão lido na sexta-feira passada, no Barreiro, pelo colectivo de juízes do Tribunal do Montijo que julgou o caso Freeport não vai estar disponível para consulta pelos jornalistas antes de Setembro.

O extenso documento foi objecto de leitura parcial durante cerca de três horas, a uma grande velocidade que apenas permitiu entender o sentido da decisão e a sua fundamentação genérica. Muitos dos pormenores lidos pelo juiz presidente Afonso Andrade ficaram por perceber claramente, havendo até versões distintas, de diferentes jornalistas presentes, daquilo que, nalguns casos, foi dito.

No final da audiência, o presidente do colectivo afirmou que o acórdão, em formato digital, seguiria imediatamente para o Tribunal do Montijo, devendo ser aí requerida a respectiva cópia pelos jornalistas interessados. Os pedidos feitos ainda na tarde de sexta-feira foram entretanto objecto de um despacho que remete para Setembro a decisão sobre a entrega das cópias. A justificação do adiamento prende-se com o facto de estarem em curso as férias judiciais e de os tribunais só resolverem durante esse perído (de 16 de Julho a 31 de Julho) os assuntos que forem considerados urgentes – o que não sucedeu com estes requerimentos.”

É curioso que fazer cópias do acórdão demore meses. E, pelos vistos, colocá-lo no site, é ainda mais demorado!

Também é esclarecedor sobre o respeito dos tribunais pela honra das pessoas que este “assunto” não seja considerado urgente!

Para usar o novo léxico político: que se lixe a honra dos outros, as férias dos juizes estão primeiro!

O “juiz” está de férias

Esta entrada foi publicada em Justiça com as etiquetas . ligação permanente.

7 respostas a Os tribunais estão de férias: a honra das pessoas que se lixe!

  1. Manuel Azevedo diz:

    Não são os juizes quem decide quais são os processos urgentes: é a lei, que não é feita por eles…

  2. De facto, é preciso ler o texto do acórdão…

  3. EGR diz:

    Mantenho a curiosidade que já aqui manifestei sobre a decisão: e cresce a duvida sobre se lá esta escrito aquilo que os “comunicadores” dizem que está.

  4. balofo diz:

    O boneco é o carlos Alberto Amorim?!

  5. Leonor Pinto diz:

    O juiz foi de férias e deixou a ventoínha a trabalhar… a espalhar porcaria (cf. léxico PM)!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.