Quando a notoriedade do director vale mais que o curso

Anúncios em jornais dizem-nos que José Eduardo Moniz  ex-director de Informação da RTP, ex-director-Geral da  TVI, actual vice-presidente da Ongoing Media, é o novo director do curso de Ciências da Comunicação da Universidade Autónoma de Lisboa.

É interessante verificar como universidades privadas exploram a visibilidade de figuras públicas mediáticas para promoverem os seus cursos.  Neste caso, a “excelência” que se pretende vender é a  notoriedade do novo director do curso de ciências de Comunicação. A secundarização do valor  científico do curso – trata-se de uma licenciatura e não de um curso profissional ou profissionalizante – é um sinal dos tempos.

 

Esta entrada foi publicada em Educação, Sociedade, Sociologia dos Média, Televisão. ligação permanente.

4 respostas a Quando a notoriedade do director vale mais que o curso

  1. Assim é, J.-M. Nobre-Correia, para dirigir uma licenciatura há menos exigência curricular do que para dirigir um curso profissional…

  2. J.-M. Nobre-Correia diz:

    Seria arrepiante ver alguém sem experiência pedagógica e científica universitária ser nomeado diretor de um curso UNIVERSITÁRIO de Jornalismo. Mas ver alguém sem esse tipo de curriculum ser nomeado diretor de um curso universitário de CIÊNCIAS da Comunicação …é pura e simplesmente cómico ! Porque se permite a estas empresas utilizar o termo de “universidade” ? E de que está à espera o Ministério da Educação para intervir neste assunto ?
    J.-M. Nobre-Correia, professor emérito en Informação e Comunicação da Universidade de Bruxelas (ULB).

  3. Manuel Estêvão diz:

    Pois é! Segundo a publicidade da UAL parece que o seu aspeto distintivo se resume a estar “no centro de Lisboa”. O que se poderá esperar de uma universidade que não mostra outra argumentação publicitária?

  4. Victor Simões diz:

    O curso de Ciências da Comunicação nesta Universidade vai ficar ao nível do ilhéu serôdio que o vai dirigir. Não tardará a aparecer por lá a esposa a leccionar a disciplina de técnicas de expressão jornalística. Isto porque, A referida senhora nunca poderá aspirar a leccionar uma disciplina de ética e deontologia profissional.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.