A reestruturação da RTP não se faz “na rua”

A RTP está todos os dias “na rua”. Por maus motivos.

O governo colocou a discussão sobre a privatização da RTP  “na rua”, mandando os seus consultores lançarem palpites nas televisões. Disse uma coisa num dia e outra no dia seguinte. Acertou  com a administração da altura um plano de reestruturação financeira e pouco depois o plano já não valia. Tantas fez que a administração esticou a corda, acabando  despedida.

Veio outra administração, já não há privatização mas a RTP continua “na rua”.  Episódios paralelos como o  acesso aos “brutos” da manifestação de 15 de Setembro, o processo disciplinar ao director Nuno Santos, as audições dos directores na Comissão Parlamentar de Ética, mantiveram a RTP “na rua”.

Veio agora a reestruturação. Esperava-se que as coisas pudessem acalmar e que a RTP se retirasse “da rua”, se organizasse com regras, com diálogo interno, com estudo e com rigor.

Mas não. A reestruturação, tal como a privatização e a concessão, não tirou a RTP “da rua”.

Não que a reestruturação da RTP deva ser feita em segredo. Pelo contrário, tem de ser feita com transparência, em diálogo interno, ouvindo as pessoas e os órgãos que devem ser ouvidos. Com base em  ideias, projectos e custos adequados. Aproveitando os recursos humanos e técnicos que tem, que são muitos e valiosos. Não se exibindo em desnorte na praça pública.

A reestruturação da RTP não se faz “na rua” e o populismo é mau conselheiro.

A RTP é dos portugueses. Merece respeito,  principalmente daqueles que a fazem.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Televisão com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s