A diferença está na locução adverbial

Publico BPN 6 Março 2013

A informação foi confirmada ao PÚBLICO por duas fontes da PJ que estranham o atraso da acusação, já que a Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC) tinha enviado o relatório final ao DCIAP, com proposta de acusação, há mais de um ano”

A notícia da acusação foi dada por quase todos os média. A diferença da manchete do Público está na locução adverbial “só”.

A “intriga”é desconstruída  aqui.

A conclusão: “Que sob a cobardia do anonimato se ensaiem vinganças inglórias é que a ética da investigação não pode justificar.” 

 

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Jornalismo, Justiça. ligação permanente.

Uma resposta a A diferença está na locução adverbial

  1. Pingback: Corrupção: tomar a parte pelo todo | VAI E VEM

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s