O governo tem um problema na relação entre a mente e a linguagem

Ou é estratégia política e comunicativa ou então há um problema na relação entre a mente e a linguagem nos membros do governo quando falam sobre um mesmo assunto.

Esse problema consiste em dizer sem dizer; ou não dizer, dizendo; sendo que qualquer que seja a interpretação do que foi dito estará sempre certa ou errada conforme os interesses de quem fala e de quem ouve. Pode ser estratégia ou patologia.

Leiam-se as declarações de três ministros sobre a chamada “TSU dos pensionistas”:

Poiares Maduro, Diário Económico, 7 Maio 2013

Poiares Maduro, Diário Económico, 7 Maio 2013

Num país em que grande parte da pobreza está nos mais velhos e em que há avós a ajudar os filhos e a cuidar dos netos, o primeiro-ministro sabe e creio ter compreendido que [a “TSU dos pensionistas”] é a fronteira que não posso deixar passar (Paulo Portas, 5 de Maio de 2013)

Passos Coelho disse  que está agora nas mãos do CDS/PP apresentar alternativas com o mesmo impacto orçamental.  (…) O PM assumiu perante nós que essas medidas não serão aplicadas” (líder da UGT, citando Passos Coelho)

O Governo escolheu um conjunto de medidas, um leque alargado
de medidas para, por um lado, garantir à ‘troika’ que essas medidas
são suficientes para cumprir os nossos compromissos internacionais” (Poiares Maduro, Diário Económico, 7 de Maio, 2013)

——-

Estarão a dizer o mesmo, como quer o ministro Poiares Maduro? É claro que não estão.  Haver “margem de manobra” para não aplicar a TSU porque “o governo escolheu um leque alargado“, como disse Poiares Maduro ao Diário Económico, não é o mesmo que dizer, como disse Passos Coelho à UGT, que “é preciso encontrar alternativas com o mesmo impacto orçamental”. Como não é o mesmo que dizer, como fez Portas, que “essa é a fronteira que não pode deixar passar”.

Conviria que os senhores ministros tivessem cuidado com o uso da língua e da linguagem para não baralharem ainda mais os portugueses. 

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Governo, Política, Sociedade, Sociologia dos Média. ligação permanente.

Uma resposta a O governo tem um problema na relação entre a mente e a linguagem

  1. Antonio diz:

    A situação italiana é um pouco diferente: um membro dele diz algo e os outros charlam sobre as suas declarações para unos días. Depois todos esquecem-se do que aconteceu e preparam-se para uma outra declaração choque.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s