Caíu a máscara ao dançarino Paulo Portas

Paulo Portas aceitou “excepcionalmente” a taxa de 10% sobre as pensões, disse fonte do Governo à TVI, no final de um Conselho de Ministros extraordinário onde ninguém deu a cara.

A repórter da TVI  não explicou  o que significa a expressão “excepcionalmente” mas é fácil perceber que tem o mesmo valor da declaração de  Paulo Portas ao País, feita num domingo que parece já longínquo, isto é, nenhum.

Depois de ter dito que não aceitava a “TSU dos reformados” – que representava 3,5% de corte –  aceitou o corte de 10%.  Não aceitou o menos  mas aceita o mais. Chamar-lhe aldrabão não será excessivo.

Se os portugueses tiverem memória, depois da reviravolta de Portas sobre as pensões, nas próximas eleições o CDS voltará a ser o “partido do táxi”.

Não foi só Portas que perdeu a face. Foi a democracia portuguesa que se transformou num baile de máscaras.

Hoje caíu a máscara ao dançarino Portas

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Comunicação e Política, Governo, Política com as etiquetas . ligação permanente.

5 respostas a Caíu a máscara ao dançarino Paulo Portas

  1. Sérgio Costa diz:

    Apenas para dizer que se escreve caiu sem assento e não caíu. Quanto ao resto… de acordo.

  2. Ricardo diz:

    Mais uma vez, o Travesti Político, de nome paulo portas (também é apropriado chamar-se de porco imundo, face ao recente episódio), queria fazer duas coisas ao mesmo tempo: ser muleta do governo (o que acabou por acontecer) e ser oposição, tentando mostrar ao seu eleitorado, que estava do seu lado, mas viu-se qual a sua posição final (”excecionalmente aceita os cortes…” ).
    Portanto, eleitorado do cds, procurem outro partido, ou criem um novo, nas próximas eleições ! Porque o actual líder desse partido, que aparentava uma coisa, mostrou ser um violador das vossas expectativas !

  3. José Couto Nogueira diz:

    Realmente eles não explicam como deve de ser. Porque não lhes convém, provavelmente. Mas falaram em duas propostas:
    A proposta inicial era cortar 3,5% nas pensões de todos, durante um ano.
    A segunda proposta era cortar 10% só aos pensionistas da função pública, anteriores a 2005, e para sempre.
    Isso eu percebi. Agora, qual delas ficou, não faço a mínima ideia.

  4. Jose Sanches Ramos diz:

    Falta ainda um episódio. Quando ministro da defesa( só assim já era ridiculo). Mandou sair um barco de guerra para bombardear um barco/clinica que fazia IVG.

  5. Bmonteiro (coronel-Ref) diz:

    Hoje, lamentável q apenas hoje.
    Devia ter caído:
    Com o negócio das 300 mil pensões aos antigos combatentes*;
    Com o negócio dos submarinos*.
    Algum pp, algum deputado, o denunciou a tempo?
    *Com os aplausos da totalidade dos 230 carneiros da AR, não foi?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s