Um caso de perseguição que se tornou burlesco

Rui Pedro Soares CMTV“(…) No dia 12 de Fevereiro [de 2010], o semanário SOL publica o dossier “Face Oculta”, transcrevendo um elevado número de escutas telefónicas a Paulo Penedos e Armando Vara, nas quais abordam o negócio PT/TVI. Segundo o SOL, há escutas em que alegadamente intervém Rui Pedro Soares e o próprio Primeiro-ministro. No conjunto das conversas há várias referências a José Sócrates.
O jornal divulga também os despachos dos investigadores do caso “Face Oculta” (inspector Teófilo Santiago, procurador João Marques Vidal e juiz António Gomes) que consideram existir “indícios muito fortes de um plano em que está envolvido directamente o Governo, nomeadamente, o senhor Primeiro-ministro, para interferência no sector da comunicação social”. O juiz António Gomes considera que “estes factos, poderão em abstracto, consubstanciar o crime de atentado contra o Estado de direito”. É requerida a instauração de inquérito autónomo.”

Capa CM atentado estado direito 2009-11-14013310_CA967162-B341-4FEB-88DD-FECB0766BF67$$738d42d9-134c-4fbe-a85a-da00e83fdc2$$72214a13-0df5-4b2a-83e9-50bd7457b60e$$img_carrouselTopHomepage$$pt$$1O Correio da Manhã e o SOL foram as bandeiras deste caso, arrastando televisões e jornais de referência.

CM Boy de Sócrates

Na altura o caso já soava como uma ridícula teoria da conspiração contra Sócrates e tudo em que ele tocasse mas a esta distância o ridículo torna-se burlesco quando se relêem os relatos da Comissão Parlamentar de Inquérito ao caso PT/TVI, onde Rui Pedro Soares foi envolvido por causa do apoio de Luís figo a José Sócrates.

O seu advogado escreve hoje no Público um artigo sobre a história deste caso Kafkiano que pode ser lido aqui.

Ao contrário da acusação, a absolvição não deu capa de jornal…

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Comunicação e Política, Justiça, Política, Sociedade, Sociologia dos Média com as etiquetas . ligação permanente.

2 respostas a Um caso de perseguição que se tornou burlesco

  1. Vicente Silva diz:

    As instalações deste pasquim bem poderiam ser aproveitadas para armazém do lixo produzido em
    Lisboa e arredores depois de transferidas para as Ilhas Desertas.

  2. Balofo Mental diz:

    E o que vai acontecer a procuradores e juízes envolvidos na acusação?!
    Não se prestam contas na justiça?!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s