O primeiro dia do resto da nossa crise

Passadas 24 horas sobre o primeiro dia do resto da nossa crise (parafraseando Sérgio Godinho na célebre canção “Hoje é o primeiro dia do resto da tua vida“) o governo remodelado com Portas ao leme prepara-se para tomar posse e finalmente dar ordens ao País para que cresça e ao Estado para que se reforme.

Não se percebe muito bem como é que Portas e Passos se vão entender entre si para realizarem o programa de governo que o Presidente lhes impôs, já que Passos e Maria Luís continuam presos à herança da austeridade extrema de Gaspar e da troika e Portas quer o contrário disso.

Depois, há a economia, ao que se diz, dada a  Pires de Lima. Dizem os analistas que este gestor de cervejas conhece bem as empresas e, portanto, será certamente um bom ministro. É, além disso, dirigente do CDS e nessa qualidade cabe-lhe também tomar conta de Portas não vá este voltar a ter a  tentação de bater com a porta.

Há ainda  Moreira da Silva no ambiente. Com o seu ar seráfico vai certamente trazer bom ambiente ao governo, que bem precisa dele.

E com o  regresso dos briefings de Pedro Lomba vai haver fartura de notícias. Haverá os on e os off  que Poiares Maduro combinar com Passos  e os on e os off de Portas e dos seus asssessores. Será um fartar vilanagem de notícias.

…”E vem-nos à memória uma frase batida…

hoje é o primeiro dia do resto da tua vida “…

 

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Governo, Política, Presidente da República com as etiquetas . ligação permanente.

Uma resposta a O primeiro dia do resto da nossa crise

  1. Pingback: O primeiro dia do resto da nossa crise

Os comentários estão fechados.