Economia, cultura e o mijo da burra

Na TSF há um programa aos sábados chamado “Tudo é Economia” em que uns economistas, gestores, governantes e afins nos querem convencer de que não temos direitos porque “tudo é economia” e como nós não temos economia não servimos para nada, somos lixo, como dizem as agências de rating.

Este sábado foi César das Neves  a dizer que “o segundo resgate é bom”. (Talvez para nos castigar e redimir dos pecados)

Dou comigo a pensar: porque será que não há um programa chamado “Tudo é Cultura” e só há um “Tudo é Economia”? Ou  um “Tudo é Política”? É que antes de tudo ser economia, tudo é política.  E se formos mais a fundo “Tudo é Cultura”! Ou será que em Portugal já não há cultura?

Fiquei esclarecida ao ler a reportagem de uma “arruada” do primeiro-ministro:  ”(…) Passos Coelho encontrou outra mulher, que lhe manifestou apoio, dizendo-lhe “vamos para a frente”, e a quem respondeu: “Sabe,  como se diz na minha terra, não é? Para trás mija a burra. Sempre para a frente”.

Fez-se luz na minha mente e pensei que  inspirando-se na cultura manifestada pelo primeiro-ministro neste elevado diálogo com a cidadã, a TSF até podia chamar ao programa “Tudo é cultura: para trás mija a burra”!

 

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Artes e Cultura, Governo, Sociedade. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s