O ex-procurador voltou a partir a loiça

A entrevista do ex-Procurador-Geral da República, Pinto Monteiro, à SIC Notícias, este sábado, não pode passar em claro. Não porque Pinto Monteiro tenha dito algo de novo (recorde-se aqui) mas pela insistência com que o faz, desafiando os jornalistas a mostrarem as “provas” das muitas acusações que veicularam e alimentaram contra José Sócrates nos casos Freeport e Face Oculta.Pinto Monteiro Sic N

A ausência de reacção ao desafio do ex-procurador-geral para que os jornalistas que possuem  as escutas  as divulguem e o mesmo quanto ao processo Freeport, significa no mínimo que não se sentem à  vontade para desmentirem o ex-procurador e provarem que tinham razão.  Ora, se assim é, impunha-se que reconhecessem que erraram ao participarem na campanha contra o então primeiro-ministro, tivessem ou não  consciência de estarem a ser instrumentalizados.  E não sei qual das duas hipóteses é pior para um jornalista.

Os jornais e televisões que militantemente se empenharam em acusar Sócrates, publicando  selecções de escutas em segredo de justiça e informações de fontes anónimas – entre os quais se salientam o Correio da Manhã, o SOL  e a TVI de Moniz e Moura Guedes, mas não apenas esses – não podem agora “assobiar para o lado” e fingirem que não ouviram Pinto Monteiro, quando ele disse, sem meias palavras, que “o Freeport foi uma fraude e o Face Oculta é uma anedota”.

Não é contudo uma anedota que muitos jornalistas, pelo menos desde 2009, tenham servido de correia de transmissão de agentes da justiça e de alguns membros da classe política para acusarem  Sócrates de ter recebido “luvas” no Freeport e de “atentado contra o Estado de Direito” no Face Oculta.

Há silêncios muito ruidosos.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Comunicação e Política, Jornalismo, Justiça, Política com as etiquetas , . ligação permanente.

11 respostas a O ex-procurador voltou a partir a loiça

  1. Pingback: O “contentamento” da Procuradora-Geral | VAI E VEM

  2. Pingback: Na Justiça há os heróis e os vilões | VAI E VEM

  3. Pingback: O procurador precisa de um serviço de clipping | VAI E VEM

  4. manuel azevedo diz:

    lembro`, que já houve varios procuradores nomeados pelos governos da altura.se pensarmos “à abilio” já estamos com “reserva mental” sobre o desempenho da actual procuradora,nomeada pelo actual governo.à senhora procuradora, só lhe posso desejar um bom desempenho. para bem de portugal e dos portugueses.quanto a pinto monteiro,tenho a dizer-vos, que tinha um grave defeito! era um homem serio, e isso incomodou muita gente! quanto aos jornalistas portadores das cassetes,peço-lhes que não tenham medo, e que prestem um grande serviço ao pais pondo-as aos dispor dos portugueses. para podermos ver melhor, os quais os caminhos turtuosos que conduziram passos coelho ao poder.

  5. Helder Filipe diz:

    José Sócrates, sempre tive esta convicção, foi vítima da pior e mais longa conspiração de que há memória em qualquer estado democrático. E julgo que urdida e comandada de fora, mas com a colaboração de uma poderosa 5ª coluna dentro do país. Cada um com os seus interesses: uns nas nossas jóias (dinheiro, empresas, liderança, subjugação…), outros na vã esperança de mandar (ou fingir que o fazem) e atingir cargos (1º Ministro, Ministros, Sec. Estado…) que só devem estar ao alcance dos mais capazes e honestos.
    Não podemos esquecer que só quando o capitalismo internacional perdeu todo o dinheiro que fingia ter (Leman & Brothers, subprime…) é que resolveu atacar as dívidas externas dos países que pertencendo à Zona Euro tinham economias mais débeis e estavam indefesos (sem Banco Emissor e sem um Presidente que falasse em nome de todos, como nos USA, por exemplo).
    Assim, atacando-os um a um: Irlanda, Grécia, Portugal, Espanha – todos governados à esquerda, parecia fácil obter êxito completo. Por acaso, não contavam com a resistência da Espanha! A auto- estima que caracteriza o seu povo tornou práticamente impossível a formação, no seu interior, de uma força (mesmo oculta) capaz de colaborar com interesses exteriores. Depois, o problema alastrou-se a outros países, mas isso foram danos colaterais que sempre ocorrem nestas circunstâncias.
    Entretanto, após estes últimos 3 anos de (des)governação, o nosso país está irreconhecível e muito mais distante da recuperação económica e financeira, que nos retire da pobreza colectiva em que nos querem mergulhar.
    Esta gente que nos (des)governa, para atingir o poder necessitou de atribuir todas as culpas para cima de José Sócrates: “se chuvia era culpa do Sócrates, se havia seca era culpa do Sócrates, se o Cardozo rematava à trave era cupa do Sócrates…” e a Comunicação Social não só fazia eco disso, como confirmava a sua veracidade. E se este era o diagonóstico, a receita só poderia ser condizente. Por isso, o doente (Portugal) está “em coma induzido” e com todos os índices a dar sinais de pouca vitalidade.
    Enfim, só a demissão urgente do Governo (e até a do PR que o sustenta) pode salvar o país de uma catástrofe social de repercuções irreparáveis.

  6. Sousa Mendes diz:

    O Conselheiro Pinto Monteiro é um dos melhores juristas da sua geração e por isso chegou ao STJ ainda bastante novo. Só não foi eleito para Presidir ao STJ porque preterido pelo candidato dos Sindicatos, curiosamente o Conselheiro Noronha do Nascimento.que com ele concordou no questão das escutas do face oculta. E estamos perante duas pessoas completamente diferentes e com posturas pessoais e éticas bastante diversas. Curiosamente, concordaram neste caso. Ora todos os que acompanharam a sua vida profissional sabem que o Conselheiro Pinto Monteiro não tem “rabos de palha” ao contrário da escumalha que procura enlameá-lo. Por isso fala abertamente das coisas, sem subterfúgios, seguindo a velha máxima de quem “não deve não teme”. Mas nós sabemos, que essa velha máxima, para a escumalha que o ataca nada interessa. Se for preciso inventam e fazem falsas insinuações sem qualquer respeito pela verdade ou quaisquer escrúpulos, que não têm! Não foi esta seita que inventou o Freeport e andou a escutar um 1.º Ministro durante seis meses sob falsos pretextos?
    Um comentário para o acólito do Moreira de Sá, que aqui dá pelo nome de Abílio, que como é apanágio desta escumalha, utiliza a insinuação torpe como forma de enlamear!

  7. Rui Neves diz:

    Outra desmistificação que urge fazer (e estes meses vão ser de desmistificações, atrás de desmistificações), visto que uma das primeiras respostas aqui, foi logo no sentido de se dizer que, «Não esquecer que este procurador foi nomeação Socrates», será talvez lembrar que o PGR é nomeado e exonerado pelo Presidente da Republica, embora e isso sim seja por indicação do Governo. Ora toda a gente sabe que o Presidente da Republica à altura da nomeação era o Cavaco, o mesmo Cavaco destes dias, isto é, o eterno amigo de Passos Coelho, a almofada do actual (des)Governo…portanto vamos desembrulhar a não menos vergonhosa tese de que estas declarações são de “amigo para amigo”.
    Estes episódios, foram dos maiores escândalos de sabotagem jamais feitas a um Primeiro Ministro, onde uma teia infame de Jornalistas e comentadores passeou o ultraje sem macula, num a das maiores conspirações que a meu ver devia acabar com as devidas consequências e não deixar a culpa morrer solteira.

  8. realmente é uma vergonha que arrogantes dizentes de toda a verdade sejam tão pulhas que preferem insinuar para servirem os seus donos.Agora que venham com as tais provas que todos gostamos da verdade pura e dura mesmo que seja contra as nossas convicções. Claro que a navegação nestes mares de informação é por nossa conta e risco mas que metem nojo metem.

  9. B.P. diz:

    Atenção aos infinitos: para ‘desmentir’ o ex-procurador e ‘provar’ que tinham razão…

  10. abilio pereira diz:

    Será que o Socrates está em estado de graça nestas acusações todas Não esquecer que este procurador foi nomeação socrates

  11. zeca diz:

    Sobretudo, o silêncio dos filhos de puta.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s