O povo “percepciona” que se farta

Os índices da percepção dos portugueses sobre a corrupção continuam elevados. Deter uma classificação de 62 pontos, numa escala de zero a cem, que vai de muito corrupto (zero) a livre de corrupção (cem) e em que mais de dois terços dos 177 países analisados obtiveram resultado negativo, não é famoso.

As notícias que vamos lendo, ouvindo e vendo sobre os estaleiros de Viana do Castelo vão talvez fazer subir as percepções dos portugueses sobre o fenómeno no próximo barómetro. É que mesmo que tudo acabe em “águas de bacalhau” (como diz o povo) o que interessa para estes rankings é o que os portugueses pensam.

Se o governo descobre que Portugal cai  mais uns pontos nos índices da percepção da corrupção cada vez que os deputados falam dos “submarinos” e dos “estaleiros” e os dirigentes da Transparência Internacional repetem  que a Administração Pública e política se transformaram numa “central de negócios que favorecem os jogos de corrupção”,   ainda instaura a lei da rolha.

Mas valha-nos a justiça que temos. Das percepções dos portugueses sobre a corrupção até à corrupção investigada, provada e punida pelos tribunais portugueses vai uma enorme distância.

Pelo que, das duas uma, ou os corruptos são mais espertos que os magistrados, polícias e juízes que os investigam e os julgam,  ou têm muito dinheiro para contratarem os melhores advogados e nunca são apanhados, ou então a justiça portuguesa é uma balela.

Há ainda um terceira hipótese: os portugueses andarem, como diz o povo, a “emprenhar pelos ouvidos”, isto é, há muito falatório sobre corruptos e corrupção mas não passa disso.

Conclusão: O povo percepciona que se farta mas que é feito dos corruptos?

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Comunicação e Política, Sociedade, Sociologia dos Média com as etiquetas , . ligação permanente.

4 respostas a O povo “percepciona” que se farta

  1. cristof9 diz:

    Basta ver o que aconteceu aos submarinos ou a tentativa do Bragapaques de dar uma pequena prenda de 150 mileuros -que de acordo com quem sabe não passa duma prenda pois os valores par corrupção de urbanismos onde se passa dum valor de 300 mil euros para 16 milhoes só com uma assinatura do presidente/vereador são no minimo dez vezes maiores e vemos como o emprenho tem sido mas é abortos constantes.Tenham vergonha!!

  2. S. Bagonha diz:

    Estou capaz de alinhar pelo anónimo das 11:14.

  3. F Soares diz:

    Mas o BPN, Os submarinos , o BPP , os blindados da tropa, e outros, sem resolução ao fim de tanto, tanto, tempo não ajuda….a perceção.

  4. Antónimo diz:

    e se forem as três hipóteses? um bando razoável de corruptos, parte dele muito bem colocado mesmo que não de excessiva dimensão; uma justiça da treta, da investigação aos tribunais; e um povo que emprenha pelos ouvidos?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s