Draghi falou demais ou há alguém a falar de menos?

Ouvi uma jornalista afirmar, com naturalidade, que o presidente do BCE “falou demais” quando disse que “Portugal vai ter um programa para o período de transição, após a conclusão do actual programa de resgate da troika, mas que ainda não está decidida a sua forma”.  

A expressão “falou demais” é paradigmática da hipocrisia que caracteriza o discurso oficial do governo e da troika, seguido aliás, em grande parte, pelo discurso jornalístico.  De facto, o que a jornalista quis dizer é que Draghi devia ter calado o que sabe (e o governo e os jornalistas também sabem) que vai acontecer, isto é, que Portugal vai necessitar de um novo programa de ajuda, qualquer que seja o seu nome.

Draghi estragou o discurso do governo, pouco depois de Portas, a ministra das Finanças e o inefável Carlos Moedas, terem feito o seu “número” na conferência de imprensa em que anunciaram o sucesso de mais um exame a que fomos submetidos pelos funcionários da troika. E logo agora que Portas inaugurou um relógio na sede do CDS para marcar o tempo que falta para a troika sair de Portugal, relógio esse que é já um sucesso no Facebook (para fazer rir, claro)!.Foto: O relógio inaugurado, na sede do CDS pelo vice-Primeiro ministro Paulo Portas, foi comprado numa loja do chinês porque era mais baratinho. Vai-se avariar e a Troika nunca mais vai sair de Portugal...

Não foi Draghi que falou demais. Os jornalistas é que, pelos vistos, falam de menos sobre o que sabem e deviam dizer aos portugueses. É isso que se espera deles.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Comunicação e Política, Governo, Jornalismo, Sociologia dos Média com as etiquetas , . ligação permanente.

2 respostas a Draghi falou demais ou há alguém a falar de menos?

  1. Realmente falta-nos massa critica para sustentar jornalistas que possam expressar todo o seu potencial. Até lá vai ser este tente não caias, digo e saio ou calo e fico.

  2. Antónimo diz:

    “os jornalistas falam de menos”, não.

    o que há é “jornalistas”, sem o artigo definido, que, “falam de menos”. Por acaso, são os mesmos cuja presença se consente nas redacções.

    O resto já há muito que parece ter ido com os porcos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s