Patético: o comentador Marcelo anuncia a improbabilidade da candidatura a Belém do cidadão Marcelo

Marcelo excluiu-se das presidecnciais

A  ópera-bufa em que se transformou a política portuguesa ficou hoje bem à vista no comentário dominical  de Marcelo Rebelo de Sousa: a pretexto de responder a uma pergunta de um telespectador sobre o perfil de candidato presidencial que o PSD não apoiará, Marcelo usou toda a sua conhecida argúcia política para desmontar o jogo de Passos ao mesmo tempo que se fazia de vítima. Segundo Marcelo:

– Passos julga que pode ganhar, se é que não considera que já ganhou, as eleições legislativas;

Passos, julga-se, assim, com direito de escolher o candidato presidencial.

– Esse candidato é Durão Barroso (não faz ondas, tem perfil “baixo”)

– O perfil rejeitado por Passos é-lhe dirigido a ele (Marcelo). Sabe-o porque “eles” (os amigos de Passos) “dirigiram-se aos jornais para esclarecerem os jornalistas e os comentadores que era esse o objectivo”, isto é, era preciso que escrevessem e comentassem que Passos rejeita apoiar Marcelo a Belém.

– Passos não lhe comunicou (a ele, Marcelo) que não apoiaria uma sua candidatura.

– Sendo assim, Marcelo, não quer fazer como Manuel Alegre e portanto, está fora da “corrida”.

Conclusão: Marcelo posiciona-se como candidato independente a Belém, não apoiado por Passos. Será apoiado pelo PSD que não gosta de Passos e provavelmente pela parte do CDS que também não gosta de Passos. Pelo meio, acusa Passos de instrumentalizar os jornalistas e os comentadores (escreveram e disseram o que ele queria) e aconselha-o a não se colar a Durão Barroso e a fazer como Portas: não se comprometer tão cedo.

Um verdadeiro artista!

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Comunicação e Política, Jornalismo, Presidenciais, Sociologia dos Média com as etiquetas . ligação permanente.

2 respostas a Patético: o comentador Marcelo anuncia a improbabilidade da candidatura a Belém do cidadão Marcelo

  1. celeste martins diz:

    Este vai ser outro a aplicar o Irrevogável” e depois …espera que a água passe …por baixo da ponte…chega 2015 e vai dai….mergulha no Tejo…perdão……mergulha,….. na candidatura a Belém….. !!!! Até lá o protagonista fica quieto, ouve a “turba”, ouve os comentadores, os .”.pois que sim” …”.os pois que não.”…..deixa que assente a borbulhagem dos dias e ai o temos a criar novamente os factos políticos que tão bem sabe manobrar…. !!! Quanto á presidência …..quem sabe mistificar…. ..mistifica sempre !!!!

  2. F Soares diz:

    Não acredito que vá como candidato independente … Quem pagaria a conta se a coisa corresse mal ?????

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s