A “sustentabilidade política” é um problema? O Presidente diz que sim.

Ano judicial 2014O discurso do Presidente Cavaco na abertura do ano judicial  tem no essencial três ideias-chave, nem todas claramente expressas mas apreensíveis ao nível do  sub-texto:

A primeira respeita ao que o Presidente chama o problema da  “sustentabilidade” que segundo o Presidente não é só energética e ambiental mas também económica e financeira e, até, política.

O que será que o Presidente entende por  “sustentabilidade política“? Será o tal consenso a que ele quer obrigar o PS? Mas consenso com o quê? Com a pobreza e a desigualdade? Com o ataque cerrado aos funcionários públicos e pensionistas? Consenso sobre orçamentos pejados de normas  inconstitucionais? Que ideia de democracia pluralista é a do Presidente? De facto, “a sustentabilidade política” é “um problema”. E ainda bem que o é! Para pior já basta assim!

A segunda  é a ideia de que a Justiça é um sector onde “foi possível dar uma resposta positiva ao Programa de Assistência, “como é plenamente reconhecido nos relatórios de avaliação das entidades internacionais”.

É caso para perguntar ao Presidente, se é assim, porque é que continua a estar tudo tão mal na Justiça, como o reconheceram, por exemplo, esta manhã na TSF, todos os agentes do sector? Mal comparado, faz lembrar aquela anedota alentejana da mulher que tinha ido ao cabeleireiro e quando chegou a casa o o marido lhe pergunta: “Onde é que foste mulher?” Ao que ela responde: “Fui pôr-me bonita, homem”. Resposta dele: “Então porque é que não estás?” Na Justiça é assim: foi tudo cumprido como a troika queria para melhorar o sector, mas continua tudo mal ou ficou ainda pior.

A terceira  refere-se à afirmação do Presidente de que “a crise não tem implicado, pelo menos de forma direta, um aumento significativo da violência e da criminalidade” e a Constituição, “não foi suspensa“.

É no mínimo inesperado ouvir o Presidente dizer tal coisa, admitindo, portanto, pelo simples facto de a dizer, que suspender a Constituição é uma hipótese plausível. Se o recado é para o governo (e só pode sê-lo) o Presidente devia tê-lo dito clara e directamente  nos momentos em que, de facto, o governo tentou suspender a Constituição ao aprovar repetidamente orçamentos de Estado com normas  inconstitucionais.

Que diabo de discurso o Presidente se lembrou de fazer!  Quem viu a cerimónia pela televisão bem reparou em alguns olhares meio incrédulos de algumas das figuras que se sentavam na mesa dos oradores!….Não era para menos!

 

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Comunicação e Política, Justiça, Presidente da República com as etiquetas . ligação permanente.

5 respostas a A “sustentabilidade política” é um problema? O Presidente diz que sim.

  1. Maud diz:

    Finidng this post. It’s just a big piece of luck for me.

  2. EGR diz:

    Francamente que já não sei se há quem preste muita atenção ao que diz o PR.
    E,em boa verdade, não fora a questão dos poderes que tem, parece-me que não vale a pena, do ponto substantivo, dar-lhe grande relevo.

  3. lidia drummond diz:

    Porque me atormenta e pôe aqui esta Tríade? O manequim da Rua dos Fanqueiros, a Joana porque o Pai o tenebroso Marques Vidal não pode lá pôr o filho João que fez os mais brutais crimes de violação de segredo de Justiça no Processo face oculta. A loira não burra tão cheia de botox que mete medo. A entrevista dela ontem foi um acto da mais vergonhosa demagogia.

  4. Vicente Silva diz:

    democracia à moda do chefe;deve servir-se a quente e acompanhada de molho tártaro com rodelas de laranja…

  5. eu diz:

    toda esta choldra é um nojo…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s