O procurador precisa de um serviço de clipping

Ao longo da investigação do processo Face Oculta, João Marques Vidal chegou a divergir das orientações de Pinto Monteiro, procurador-geral da RepúblicaDizem os jornais que o procurador do Ministério Público de Aveiro, Marques Vidal, responsável pelo processo Face Oculta, “afirmou que o ex-procurador-Geral da República, Pinto Monteiro, devia ter vindo a terreiro esclarecer se [o Face Oculta] era ou não era um processo político”, acrescentando que não acha o normal “que haja a suspeita e que não haja a resposta”.

O procurador Marques Vidal deve andar distraído, o que tendo em conta as  funções que desempenha pode ser perigoso. De facto, Pinto Monteiro pode ser acusado de muita coisa menos de não “dar respostas”. O que ele deu mais, e continua a dar,  foram respostas.

Se o procurador Marques Vidal não lê jornais nem vê televisão devia ao menos ter um serviço de clipping ou alguém que o informasse sobre o que se diz ou escreve sobre os processos que tem a seu cargo. Ou então lê e ouve mas só recorda o que lhe interessa.

Dou uma ajuda ao procurador Marques Vidal, recordando-lhe a entrevista do ex-procurador-geral, Pinto Monteiro, à SiC Notícias em 17 de Novembro de 2013, onde sobre o processo Face Oculta disse textualmente:

(…) quem tem as cassetes ponha-as aí na Sé de Braga, no Castelo, transmitidas por  altifalante que não há lá nada. Só por anedota é que eu oiço falar nas cassetes. Em primeiro lugar (…) o Face Oculta é outra anedota, porque as cassetes – que não fui eu que as mandei destruir porque a lei atribui ao Presidente do Supremo, é preciso esclarecer –   eu ouvi as cassetes, entendi que não havia ali nenhuma matéria crime, mas quer entendesse quer não entendesse o presidente do Supremo é quem tem a palavra final e mandou-as destruir. Foram destruídas ou não?..terão sido? O que eu sei é que as cassetes existem hoje, há particulares que têm as cassetes, há jornais que têm as cassetes, porque é que não as divulgam? Sabe porque é que não as divulgam? Porque não há lá nada. E não as divulgam porque é a galinha dos ovos de ouro. Sabe o que é que eu disse e mantenho? Acho que foi um erro político do primeiro-ministro e dos outros interlocutores não terem autorizado, porque se tivessem autorizado as cassetes tinham sido divulgadas. E o apelo que eu faço a estes jornalistas é que as divulguem, porque aí morre a galinha dos ovos de ouro. Divulguem as cassetes…As escutas para mim, eu ouvi-as e não encontrei nada que revelasse qualquer tipo de ilícito, ponto final (…)”

E em Novembro de 2011, Pinto Monteiro também não deixou sem resposta as acusações que, por interposto jornal,  foram então feitas à Procuradoria Geral, as quais foram agora retomadas pelo procurador Marques Vidal, de que “os amigos de José Sócrates foram avisados de que estavam a ser investigados no processo «Face oculta» apenas três dias depois de Teófilo Santiago, director da PJ de Aveiro, ter feito uma participação criminal à Procuradoria-Geral da República, de forma a accionar os mecanismos legais para investigar o então primeiro-ministro José Sócrates.”  

À falta de um serviço de clipping no Ministério Público de Aveiro, o procurador Marques Vidal pode recordar algumas das “respostas” do ex-procurador-geral  aqui e aqui.

 

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Jornalismo, Justiça, Política. ligação permanente.

2 respostas a O procurador precisa de um serviço de clipping

  1. cristofams diz:

    triste andarmos a pagar ordenados que visam uma função (neste caso justiça)e somos retribuidos com mais umas patacoadas politicas, tão crediveis como as estamos habituados a ouvir aos demagogos de serviço. O garve é que “isto anda tudo ligado” e quer concordemos ou protestemos os pulhas blindaram-se bem

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s