Eis como a RTP as quer: descontraídas, irreverentes, provocatórias

Barca do Inferno

O director de informação da RTP diz  no DN que este “é um programa de debate e informação”, não é infotainment. O moderador, um humorista, confirma: “não é um programa de humor  mas de informação e comentário”.

O site institucional da RTP traça-lhe, porém um perfil  um pouco diferente: “o nome “Barca do Inferno” traduz o conceito de programa que pretendemos: a sátira, social e não apenas, o olhar atento e crítico sobre o todo, numa “encenação” capaz de prender o espectador. Os assuntos que marcam a atualidade abordados de forma irreverente”

Quanto às convidadas, a RTP apresenta-as como: “quatro mulheres ideologicamente posicionadas entre esquerda e direita, que irão debater os assuntos que marcam a atualidade, mas num registo descontraído, irreverente, até mesmo provocatório.

Temos, pois, que o programa é uma espécie de réplica no feminino de outros emitidos nos canais privados do cabo: o “Governo Sombra”, nascido na TSF e repetido na TVI24, claramente um programa de humor, marcado pelo estilo de Ricardo Araújo Pereira; e “O Eixo do Mal”, na SIC Notícias, moderado por Nuno Artur Silva, mais próximo do debate político com laivos de humor protagonizados por Luís Pedro Nunes.

Trata-se de formatos híbridos, mais próximos do entretenimento do que da informação, entendida esta no sentido jornalístico.  No novo  programa da RTP Informação, os critérios que presidiram à escolha das protagonistas são claros: estilo “descontraído, irreverente e provocatório”.

Marta GautierComo programa “irreverente e provocatório”,  a  comentadora que melhor cumpriu o guião  foi Marta Gautier, a que mais surpreendeu: foi provocatória, esotérica, nonsense, gozou com ela própria e com as companheiras de painel. Tem futuro na televisão!

Isabel Moreira e Raquel Varela são mulheres cultas e com currículo nas respectivas áreas. Não se limitam a ter opinião e esperam-se delas posições sustentadas sobre os temas de que falam. Aquele não é, pois,  o formato que melhor se adequa à qualidade intelectual de ambas.

Talvez  A RTP devesse inverter o lugar dos outros dois protagonistas. Moura Guedes, ficaria melhor no papel de moderadora enquanto o moderador deve fazer aquilo que sabe, isto é: sátira e humor.

Trata-se ainda de um primeiro programa, pelo que qualquer análise é provisória. Espera-se porém que a RTP não aliene a ideia de serviço público  em troca de uma “irreverência” que nem chega a sê-lo.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Audiências, Imprensa, Jornalismo, Sociologia dos Média, Televisão. ligação permanente.

5 respostas a Eis como a RTP as quer: descontraídas, irreverentes, provocatórias

  1. RFC diz:

    Nota, prévia. Considero também este post da Estrela Serrano estanhamente complacente (e não vi o programa na íntegra). O assunto surgiu para mim numa troca de mails, recupero-o agora para não fugir à verdade (com alguns comentários no fim). Na segunda-feira, à noite, comecei a aperceber-me de alguns comentários no Twitter sobre a Manuela Moura Guedes. Que estava num programa como paineleira, imagine-se! Pois eu vi apenas uma repetição, fora de horas, e exibiu um discurso pior que cão sobre a reforma da PTC do CITIUS. Sobre o assunto, aliás, deixou escapar uma gaffe deliciosa: 23 menos 12, que eram as comarcas onde a coisa parecia querer arrancar, e a menina dizia que, antes isso, porque só faltavam nove!! Pois bem, o apresentador é o Nilton, a Isabel Moreira estava muito angustiada por ser interrompida pela víbora, estava lá uma desconhecida que de certeza conheço, a própria Manuela Moura Guedes e a… Raquel Varela. Segunda-feira à noite, enquanto os machos discutem a bola na TVI24 e na SICN, pelos vistos a RTP Informação passa esta dupla (que é um quinteto)! Chama-se Barca do Inferno, acho eu. Notas, de hoje. Não liguei o programa ao nicho dos adeptos do Eixo do Mal e do Governo Sombra mas faz sentido discutir o que diz a Estrela Serrano, de facto. Não tendo visto a performance da Marta Gautier, que pelos vistos anda na berlinda, o meu adjectivo canino foi para Manuela Moura Guedes que deu mostras de uma imensa ignorância (e a sua matemática poderia servir como uma metáfora de si própria: a MMG é igual a zero).* Sobre a angústia de Isabel Moreira mantenho o que vi e o que disse. E, sobre a Raquel Varela, devo acrescentar que o seu ar estridentemente chique não me permite as considerações esperançosas de Estrela Serrano e de AM. Sobre o Nilton, por fim, pareceu-me e parece-me que haveria formas + decentes de ganhar a vida.

    * A revisão do casting sugerido no fim do post tomo-o por ironia, portanto. Livra!!

  2. Concordo, AM, o programa foi mau e não promete ser melhor. A Marta Gautier foi por isso a que melhor assumiu o estilo do programa. A Isabel e a Raquel merecem outro tipo de debate…

  3. lol diz:

    A Gautier foi um hino à ignorância, isso sim. Foi demasiado mau para ser verdade.

  4. João diz:

    Globalmente estou de acordo com a análise da ES. O moderador está nitidamente «subjugado»
    pela «CHEFE».Valha-nos a Marta….. é que a «CHEFE» não percebe.

  5. A.M. diz:

    Admira-me o olhar complacente de uma especialista como E.S.
    A mim, o programa pareceu-me abaixo de cão, constrangedor e aflitivo em certos passos (como um filme pornográfico, faço-me entender?). A ponto de achar que o canal deveria indemnização aos espectadores, de tão gravemente os ofender e agredir.
    Fico um pouco preocupado (por mim, claro), ao ver que esta perspectiva surge como esotérica, quando comparada com a do poste.
    Outra coisa que relevaria, da leitura, é que o texto induz ou pressupõe que o canal… industriou os, aliás, as participantes, ao menos quanto ao que delas requer e espera. Donde, concluo, céptico, que a autonomia ou independência dessas pessoas (Raquel Varela incluída, que sigo e aprecio, e considero que não pertence ao mesmo planeta da Marta, loira, decerto, não por acaso), está muito aquém do que eu e muita gente pensávamos. Surpreendente, também neste aspecto…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s