António Costa e os falantes

jornalistas e comentadores desiludidos com António Costa, ou porque não fala sobre as coisas que (lhes) interessam ou porque fala pouco, ou porque não fala mesmo nada.  Mas há também quem diga que com as asneiras do governo lhe basta “fazer-se de morto”.

Não admira que assim pensem aqueles que seguem a actualidade através dos media. É que essa actualidade vive essencialmente de declarações. Declarações de governantes, de dirigentes e ex-dirigentes políticos, de individualidades ligadas ao poder económico e financeiro, desportivo, cultural, etc., etc.. e também de comentadores como Marcelo Rebelo de Sousa, Marques Mendes, Manuela Ferreira Leite, cujas declarações alimentam depois  declarações de outros comentadores num círculo vicioso do tipo “cita-me que eu te citarei”.

É uma realidade construída de declarações que se auto-alimentam, saciando egos e aumentando a respectiva quota de visibilidade.

António Costa tem feito o seu percurso de líder do PS um pouco fora deste círculo de falantes, não dando pasto a quem se alimenta de falas. E como ele não produz suficientes falas, os que se alimentam das falas alheias procuram (e encontram) no seio do Partido Socialista quem fale dele ou por ele ou se queixe dele.

António Costa não é um “fala-barato”. Fala quando pretende dizer alguma coisa mas mesmo assim não se livra, por exemplo se critica os fundos estruturais anunciados por Poiares Maduro, de haver logo comentadres a dizerem que o líder da oposição não comenta ministros, só comenta o primeiro-ministro.

E como António Costa não tem assento no Parlamento, ninguém o vê “pegar-se” quinzenalmente com o primeiro-ministro nos debates-embates criados precisamente para a exibição  dos que vivem da fala.

Normalmente, seria até profilático que os espaço público mediático não estivesse tão inundado de declarações dos falantes profissionais. Mas como vivemos numa sociedade em que quem não fala não conta, António Costa vai ter que organizar as suas falas públicas organizando uma agenda de temas e um calendário que permita satisfazer outros falantes.

É que para quem tem como profissão a fala escrita ou oral (os jornalistas)  ou quem as tem como complemento de profissão (os comentadores) é desesperante não ter declarações para comentar. E se não há declarações ou se as declarações versam  sobre assuntos que não contam para os outros falantes então o assunto é “António Costa não diz nada” ou “António Costa não diz nada de jeito”.

Em suma: Fale António Costa, para que outros possam falar de si.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Jornalismo, Política com as etiquetas , , . ligação permanente.

5 respostas a António Costa e os falantes

  1. Pingback: O Quando, o Quanto e o Como do Programa do PS | Viver Ramalde - Viver o Porto

  2. Pingback: O PS apresenta “o quanto, o como e o quando”. A coligação, o vazio. | VAI E VEM

  3. Pingback: António Costa e os falantes

  4. J. Ferreira diz:

    António Costa disse para quem o quis ouvir, que as suas linhas programaticas tendo em vista as eleições, surgiria na Primavera. Aguardemos então para depois o criticarmos se for caso disso. Quanto à percentagem do PS nas eleições, que ninguém se preocupe com elas pois a dinâmica que vai surgir, aliada com os disparates de Passos Coelho, de Maria Luís Albuquerque e de Poiares Maduro, farão o resto!

  5. J. Madeira diz:

    A questão prende-se com a expectativa criada com a mudança de direção do PS!
    Se a anterior direção só fazia “meia” oposição, dava a impressão de ter assumido
    como certa a lenga-lenga da direita, dizía-se que era frouxa, etc. etc.! Esperava-
    -se mais com a nova direção, muitos temas importantes casos da Saúde, Justiça,
    sem que o lider do PS e da oposição se prenuncie frontalmente sobre eles!
    Daí, a dificuldade, em termos de sondagens, o PS não descolar dos 38% dos votos!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s