A ignorância é muito atrevida

Sol livro de Sócrates Março 2015 recorteO director do SOL para além de dirigir o jornal dá aulas no mestrado de Ciência Política na Universidade Católica pelo que devia saber que quem faz investigação académica tendo em vista a apresentação de uma tese de mestrado ou doutoramento tem um orientador e por vezes um co-orientador, cuja função é supervisionar e acompanhar o trabalho do orientando.

A  orientação de uma tese passa por discutir com o orientando a pertinência do tema, a escolha das metodologias, a bibliografia, rever os textos que vão sendo produzidos, etc.. Muitas vezes, o orientando faz consultas a outras pessoas para além dos orientadores, para aprofundar aspectos particulares.

Na fase de redacção da tese, é frequente o autor solicitar a opinião de pessoas cujo parecer considera útil  e é habitual e mesmo recomendável  incluir no texto final agradecimentos a quem apoiou a realização do trabalho. Quando a tese tem qualidade para merecer publicação em livro é muitas vezes revista e alterada, tendo em vista eventualmente  públicos mais alargados.

A manchete do SOL atribuindo a um “professor catedrático” a autoria do livro de José Sócrates porque ele o deu a ler  e acolheu sugestões,  é uma atitude pacóvia e de má fé de quem apenas pretende atingir José Sócrates.

Ao colocar na capa do jornal  tal afirmação, o director sabe que está a difamar duas pessoas: o autor da tese  e o “professor catedrático” que o Sol afirma ser o verdadeiro autor. Se com isso está a servir algum interesse  não é certamente o rigor da informação e o interesse público. Talvez esta “notícia” interesse às fontes do Sol mas é um mau serviço ao jornalismo e aos cidadãos.

Como bem respondeu Vital Moreira . o  catedrático alegado autor do livro de Sócrates – “Se, com a prestimosa cooperação da imprensa, a acusação continua a recorrer a estes golpes baixos para uma continuada operação de “assassínio de caráter” de Sócrates, é porque falta “corpo de delito” para sustentar a acusação pelos crimes que lhe são imputados, passados todos estes meses de investigação.” De facto, se as acusações da justiça forem todas tão “sólidas” como esta, os acusadores podem  limpar as mãos à parede.

Quem escreveu a notícia do Sol desconhece claramente as práticas académicas. Mas seria de esperar que, ao menos,  o director as conhecesse, já que dá aulas a candidatos a mestre. Ao aprovar a publicação desta “notícia” provou não só ignorância perante os seus alunos  como deixou ficar mal a sua universidade. Como professor universitário, embora sem mestrado nem  doutoramento, devia impedir  que os seus jornalistas fizessem figura de ignorantes.

A ignorância é muito atrevida!

 

Advertisements
Esta entrada foi publicada em Imprensa, Jornalismo, Justiça, Política com as etiquetas . ligação permanente.

18 respostas a A ignorância é muito atrevida

  1. Alfredo Avelino Coelho diz:

    O caudal de baboseiras vai alagar Évora… Ora vamos lá por partes. Se eu comprar um Mercedes, o stand comunica a minha compra. Logo, se eu me chamar Belmiro de Azevedo, as campainhas de alarme não tocam, porque me é conhecida fortuna… Mas, se eu não tiver movimentos bancários que confiram razoabilidade àquela compra, vou ter à perna um agente tributário a aparecer-me lá em casa a dar os parabéns pela compra e, já agora, aproveita para me pedir que explique a origem dos fundos dos quais me servi para comprar o carro, para que o fisco fique informado se aqueles dinheiros já foram tributados ou não… Se, eu aparecer no rol das escrituras notariais do mês passado, a comprar um imóvel, os esquemas de alarme soam da mesma maneira. Se eu fizer uma operação financeira, idem idem…
    Ora, se assim é, porque carga de água um tal José de Sousa – também conhecido por José Sócrates – que por desgraça de Portugal se guindou um dia a PM, não estará sujeito a este tipo de filtragem da origem dos milhões que vem devorando???
    Meta-se o leitor no papel do juiz instrutor do processo. Perante a profusão de indícios devidamente sustentados por escutas telefónicas e suportes documentais exibidos, não decretaria a prisão preventiva?
    Agora vamos à outra parte. Quando eu e os meus advogados consertamos uma estratégia de defesa, no sentido de que não é crime pedir dinheiro emprestado, pagarei um dia (?) todos os empréstimos que o meu amigo me vai fazendo. Que não sei quanto já me emprestou o meu amigo (que empresta também o seu nome à titularidades da conta) e nem ele próprio o sabe… Que caberá à acusação o ónus da prova, literalmente. Eu só tenho que ficar calado, seguindo instruções dos meus advogados…
    Isto é alguma coisa? Com engenharias desta índole, vou conseguir fintar todos o tempo todo???
    Aguardemos o desfecho do processo cuja tramitação há de chegar aos tribunais competentes.
    Entretanto, se você se conta entre os que acreditam na inocência do 44, diga-lhe, em jeito de conforto, que os dias que ali pernoitar, ser-lhe-ão descontados depois no cúmulo da ripada penal aquando da sentença final…

  2. Alvaro de Jesus diz:

    Sou um cidadão comum, sem formação academica, embora com a minha idade, quase meio seculo, ao logo destes tempos consegui adquirir experiência de vida e principalmente pelo facto de; na minha altura de educação escolar, o ensino secundario nessa epoca ser constituido por programas disciplinares baseados na cultura generalista e centrados na preparação para a vida, tanto profissional como familiar, com esses conhecimentos e ensinamentos que tive a nivel escolar, embora basicos comparativo ao nivel academico, foram bastante intensivos e mais que suficientes para perceber quando existem afirmações e acusações difamatorias, com o objetivo unico de atingir e denegrir uma determinada pessoa algumas das acusações, tornam-se tão ridiculas que os protagonistas para tornarem a difamação mais consistente e interessante até recorrem à mentira detalhada, que depois facilmente vem ao de-cima e naturalmente a noticia é desmentida por ela propria.

    Como exemplo, passo a descrever a 1ª notica mentirosa e difamatoria que este semanario publicou relativamente ao cidadão José Socrates.
    O sol, publicou o seguinte:, José Socrates nunca poderá justificar a sua propria riqueza e de sua familia, com o argumento de ser proveniente de uma herança, porque, tanto ele como os seus familiares, são de origem pobre e por isso não poderiam herdar tais valores, a não ser que tivesse ganho a lotaria.

    Passado um ano, o mesmo semanario publicou a noticia que a mãe do Ex. Primeiro ministro recebeu de herança mais de cem propriedades, repito mais de cem propriedades mas que por ventura já teria vendido grande parte delas por motivo de doença do outro filho (irmão de José Socrates) e que as restantes propriedades e imoveis ainda em posse da familia, valiam pouco dinheiro.
    Então é caso para fazer a pergunta ao “SOL”, que porcaria de jornal ou revista é esta que publica uma noticia sem investigar primeiro e que depois, de animo leve, tira conclusões precipitadas? quais destes responsaveis, jurnalistas ou diretores, vão tambem para a cadeia até o ministerio publico investigar se a noticia é ou não mentira?

  3. EGR diz:

    Minha cara senhora: que o senhor Saraiva é um arquitecto frustrado, romancista falhado, e director de jornal despedido já eu sabia há muito tempo; mas confesso que essa de que ele dá aulas de ciência política num mestrado ignorava completamente. e o mínimo que consigo dizer é que a Católica anda com muito baixo nível para contratar sujeitos do calibre do senhor Saraiva.
    Seria conveniente prevenir os candidatos a esse curso do perigo que correm.

  4. António Dias da Costa diz:

    Quando ele for julgado e considerado inocente verão que as suas práticas eram as vigentes em todas as DEMOcracias ditas liberais,que em 2008 fez rebentar a “bolha”, e só nos States, é que o Madoff e a sua familia pagou por isso ; Entretanto,já conseguiram destroçar o homem ,sem que ele se possa defender de todas as malvadezas que lhe fizeram !!! Há jornalistas que sabem como toda esta guerra financeira funciona ; especialmente um da BBC que escreve sobre a corrupção na “city” e nos respectivos negócios !!!

  5. CARLOS ALMEIDA PINTO diz:

    O MARCO FREITAS COM O SEU COMENTÁRIO ACABA DE NOS DAR A TODOS, UMA GRANDE LIÇÃO, MESMO SEM SER MESTRE OU PROFESSOR, DO QUE É SER-SE UM ASNO REACIONÁRIO SAUDOSISTA!

  6. Rui Cartaxo diz:

    Ivo, este esclarecedor e informado post mereceria uma chamada de atenção no FB…

  7. Rui Cartaxo diz:

    Ivo, este esclarecedor e informado post mereceria destaque no FB…

  8. Virgínia conceição Costa Francisco diz:

    Uma tese de mestrado, como já aqui foi dito, só pode ser escrita pelo próprio e faz parte seguir orientações do ORIENTADOR (deve ser por isso que o catedrático que o faz tem essa designação), entretanto, a colaboração de outros apreciando um ou outro aspecto da tese é também comum. Onde raio começa tal deturpação destas realidades? Porque quem levanta estes boatos sabe que MENTE e fá-lo contando c/ o que espera ser o desconhecimento duma grande parte das pessoas — fácil fácil de convencer!… A propósito de convencer, se a “justiça” tem matéria bastante para condenar esta cidadão, então faça-o!… ponto final mas ñ se esforce para me convencer… que de certo ñ precisará do meu apoio!

  9. Marco Freitas diz:

    Este Marco Freiras, para responder a esse Veríssimo Ferreira, é socialista, com familiares que estiveram na fundação do partido. E este Marco Freitas tem vergonha da governação socratista que vai ser uma ferida aberta no meu partido durante décadas. Enquanto não escorraçarmos a memória deste mentiroso e continuarmos a confiar na cabala política para nos sentirmos melhores, vamos estar a ajudar a afundar o socialismo em Portugal. Fora com os facciosos que andam à procura da areia no olho do jornalista quando temos o penedo sócrates enterrado nos nossos olhos.

  10. Veríssimo Ferreira diz:

    Deixa-me cá pensar (coisa que não faço há tempos) de que partido é esta Marco Freitas !!!

  11. J. Madeira diz:

    É óbvio que, o dador de aulas na Católica como não fez mestrado não sabe
    dos procedimentos inerentes ao mesmo logo, desde que seja para atacar o
    visado tudo passa! De estranhar é a continuada fugas de escutas e afins do
    inquérito em curso … somos levados a concluir que, para além dos cabritos
    nada de concreto e certo, os brilhantes investigadores conseguiram pois, pre-
    cisam de alimentar as “ressonâncias” habituais … o tempo está a esgotar-se!!!

  12. Paulo Matanelli diz:

    É claro que este jornal faz parte do projeto que visa aniquilar José Sócrates. O objectivo está parcialmente cumprido. Provas fabricam-se, compram-se ou inventam-se. Espero que o julgamento não seja mais uma farsa, como já aconteceu em caso recente, onde há condenados presos que estão inocentes.

  13. la maria fernanda diz:

    sem mestrado dá aulas num mestrado?!

  14. Alexandre Ribeiro diz:

    Com respeito a este País que também é meu manifesto o meu repúdio pelos insultos proferidos contra José Socrates.
    Nos temos um País que tem na sua tradição o humanismo na sua melhor expressão que é a tolerância. Este texto deste Soit Disant …Jornal Semanário, é pobre na sua forma e vazio no conteúdo . Enfim…cheio de ódio e de mau hálito.
    Temos uma classe pobre de cultura e de personalidade de Professores e Professoras Catedráticas .
    Deixar insultar a inteligência da Classe Catedrática…pelos vistos muito fraca mesmo é inacreditável. Onde está a dignidade deste País ???
    A tolerância tem limites.
    Bom acredito que quando este jornal desaparecer nao deixará saudades.
    Nem quem partilha o estilo usado deixará saudades..nem sequer serao nunca lembrados.
    Sao tao ridiculos…
    Assino: Alexandre Ribeiro

  15. Fernando Perdigão diz:

    Talvez a atitude mais impulsiva, após a leitura deste artigo, fosse gritar: ” não leiam o Sol”! Mas não! Deve-se ler o Sol e outros do género pois são uma lição de como não se deve fazer jornalismo. Aqui fica o exemplo de como a frustração leva certas pessoas a permitir a emissão de tais pasquinadas.

  16. vitor escarigo diz:

    Que qualquer anormal já pode ter a classificação de professor universitário, já todos sabíamos, agora que qualquer asno, por que está a ser pago, possa dizer o que lhe pedem é demais! Será que os verdadeiros jornalistas não se vão manifestar!!! Eu sei que já são poucos, mas por favor, defendam a classe destes paspalhos!!!!!!!

  17. Marco Freitas diz:

    Palmas para quem ainda defende a inocência do nosso querido José Sócrates. Palmas para quem acha que todas as acusações são de cariz político, mero assassínio de carácter. Palmas, que o atraso mental premeia-se com benfazejos aplausos. Vou gostar tanto de ver esta gentalha socratista daqui a um par de anos a fingir que nunca o apoiou, ou que sempre soube que ele era um criminoso aldrabão.

  18. António Santos Carvalhinha diz:

    COMENTÁRIO. A JUSTIÇA DE PORTUGAL É UMA CORRUPÇÃO; QUE AINDA DEFENDE QUEM ROUBA MILHÕES.
    A Crise; O Desemprego; A Pobreza Infantil, E Adulta; Foi Criada Por Termos Uma Justiça Que Ainda Defende Quem Mais Rouba; Pois Basta Roubar Uma Boa Quantia Que Deia Para Arranjar Um Dos Melhores Advogados; Portugal Não Têm Justiça; Mas Sim Uma Corrupção; Que Rouba O Pão A Quem O Produz; O Dinheiro Da Carteira; Mas Já Á 30 Anos; Que Eu Ando A Ser Roubado E Muita Gente Por Esta Justiça; Que Vergonha Portugal; Nem Pais Nenhum Do Mundo Funcionar De Sem Uma Justiça Verdadeira; Pois Empobreceu Tanta Gente A Trabalhar Honestamente; Esta Justiça Que Têm Portugal; Mas Que Corrupção Aos Olhos De Todos Os Portugueses. Do PSD, E PS, E CDS..Mas Que Justiça Ladra. Corrupta, E Porca…https://www.facebook.com/video.php?v=424214484332534&set=vb.188129594607692&type=2&theater

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s