A Europa contra a democracia

UEA democracia, tal como a conhecíamos, é coisa do passado. A construção europeia e a criação do euro acabaram com ela. Hoje, temos estados que alienaram grande parte das funções outrora ditas de soberania.  É certo que continuamos a escolher quem nos governa mas não escolhemos verdadeiramente as políticas que serão aplicadas. São as instituições europeias que decidem o que os governos podem ou não podem fazer em matérias fundamentais, como a economia e as finanças.

Partilhar soberania não seria uma coisa má mas na Europa que temos hoje os mais fortes subjugam os mais fracos. A solidariedade foi substituída pela  dominação dos primeiros  sobre os segundos. E não serve alegar que uns são cumpridores e outros não, quando os ditos cumpridores usam o seu poder para imporem aos ditos não cumpridores receitas experimentais que falharam.

De entre as instituições  europeias a Comissão e o Eurogrupo são as que possuem maior poder de influência na vida dos países-membros, sendo constituídas por um conjunto de burocratas que se representam apenas a eles próprios. O Eurogrupo, integrado pelos ministros das Finanças, é dominado pela Alemanha cujo ministro, Schäuble, se permite “ameaçar” países como Portugal que ousem contrariar a sua cartilha.

A influência deste grupo de burocratas  não reside apenas nas suas decisões. As suas declarações públicas são escutadas pelas agências de rating, que têm tanto ou mais poder que eles, ao fazerem descer ou subir taxas de juro com a facilidade de quem manobra marionetas, dando notas aos países e assim arrastando-os para o lixo ou para o céu. Intimidam os governos que se atrevam a tentar executar políticas alternativas, castigando-os com mais austeridade para  acalmarem os mercados.

É uma democracia de aparências em que o que conta não são as políticas que os povos europeus escolhem mas a impressão causada nas instituições europeias e nas agências de rating, cujos estados de alma  fazem tremer os governos. A DBRS disse que está “confortável” com actual nível do rating português e tanto bastou para o país sentir algum alívio. Também o Eurogrupo veio dizer ao governo português que comunique bem e não assuste as agências de rating nem perturbe os mercados.

A União Europeia conseguiu transformar os estados-membros em democracias de fachada. Até quando aguentaremos isto?

 

 

Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , . ligação permanente.

6 respostas a A Europa contra a democracia

  1. Crstof9, as suas palavras fazem lembrar o ditado português: “não há pior cego do que aquele que não quer ver”.

  2. cristof9 diz:

    Para contrariar a linguagem e as “teorias” que grande culpa do que se passa +e “deles” os grandes, basta recordar o que se passou nas reuniões do Europrupo e do Concelho Europeu em que foram decididos os assuntos portugueses, em que a oposição forte a Portugal veio da Finlandia, Polonia, Eslovenia, Grecia e menos Holanda; da Alemabgha e do terrivel Schable -0 Basta para quem gosta de desfazer estas tretas que circulam pelos tudologos, rever o que se passou- e ha’muitos meios de o fazer. Começa a ser importante decidir com informação fidedigna e não de “sentimentos” de encartado. P primeiro sintoma de que algo não bate certo é quando os “indefectíveis” se assanham com opiniões opostas sobre o mesmo facro.

  3. jasmin diz:

    Schauble é um estupor fascista neonazi.

  4. mariamadalena639@gmail.com diz:

    BURROCRATA

  5. mariamadalena639@gmail.com diz:

    BURROCRATA! Ponham-no a viver com vencimento mínimo,já! Vai para a reforma com uma conta churuda sem nunca ter trabalhado no duro. “Caga” sentenças.
    E na sua Alemanha como vamos com bancos a fecharem, desempregados ? Nem pia…..

  6. HY diz:

    Há de facto um problema democrático, mas dizer que os Ministros das Finanças dos Estados membros são ‘burocratas’ é falhar completamente a identificação do problema. Schauble um burocrata????

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s