Em Maria Luís o descaramento não tem limites

Maria Luís sançõesDo alto da sua infinita capacidade para iludir a realidade e fugir à verdade, Maria Luís Albuquerque, ex-ministra das Finanças, veio dizer que “se ainda fosse ministra”  a questão das sanções não se colocaria, acrescentando que  “na perspectiva de Bruxelas”  o  que está em causa é que a trajectória esteja a ser desviada daquilo que foi nos últimos anos”.

Parece anedota mas não é. Maria Luís age como-voz de Bruxelas, deixando claro que a ameaça permanente de sanções a Portugal  destina-se a pôr na ordem o governo socialista.

Maria Luís antecipou-se às notícias que hoje vieram de Bruxelas e que mostram bem no que se transformou esta desgraçada Europa:  um responsável europeu, não identificado, afirmou à Reuters que a Comissão estava disposta a avançar com uma espécie de “pena suspensa” em termos de sanções, caso Portugal e Espanha dessem provas de que estavam a remediar a situação. “Temos de os punir pelos pecados do passado, mas com o olhar na redenção futura”, afirmou a mesma fonte. A sintonia de Maria Luís e do PSD com este obscuro porta-voz não podia ser mais evidente.

Maria Luís falou na sede do PSD, isto é, em nome do partido. Foi talvez escolhida porque nada a atrapalha, verdade ou mentira, tanto faz. Em Maria Luís, o descaramento não tem limites! Nem todos se prestariam a tal mistificação.

Em política a memória é curta, mas estão  ainda vivas as suas contradições nas comissões parlamentares, a sua relação difícil com a verdade nos caso swaps, BES, Banif, os malabarismos do governo de que fez parte para a “saída limpa”, os falhanços sucessivos no cumprimento das metas orçamentais.

Não se sabe donde lhe vem  a arrogância que ostenta nem a cátedra donde fala. O Expresso traçou-lhe em tempos a biografia e apesar de o resultado não ser recomendável não houve desmentidos nem rectificação.

 

 

 

Esta entrada foi publicada em Governo, Política com as etiquetas , , . ligação permanente.

Uma resposta a Em Maria Luís o descaramento não tem limites

  1. Pingback: Mário Centeno: aquele seu ar infeliz não é defeito, é feitio… | VAI E VEM

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s