Sanções: aguarda-se ainda uma palavra de Passos Coelho

Costa sançõesHabituados desde 2011 a “baixar as orelhas” sempre que  as “instituições europeias” ordenavam ao governo PSD-CDS que cortassem vencimentos e pensões e subissem impostos, nem acreditámos que António Costa e o seu governo seriam capazes de enfrentar Bruxelas com a voz da razão e do rigor.

Quando tudo indicava que Portugal seria penalizado pelo défice de 2013-2015, depois de meses de ameaças e de fugas de informação organizadas por Bruxelas através de porta-vozes e jornalistas amigos, comentadas diariamente em jornais, rádios e televisões, as sanções tornaram-se o pão-nosso-de-cada-dia da informação vendida aos portugueses, ao mesmo tempo que crescia uma repulsa e quase raiva de muitos portugueses pelas ditas “instituições europeias”.

António Costa usou as armas de que dispunha e não hesitou em anunciar que iria até ao fim na contestação às sanções, isto é, apresentaria recurso para o Tribunal Europeu caso as sanções fossem aplicadas. Passos Coelho e Maria Luís Albuquerque tremeram de indignação com a ousadia de Costa e Passos saíu mesmo em defesa da Comissão dizendo que Costa a usava como “bode expiatório”.

Eis agora que a Comissão decidiu não aplicar sanções a Portugal usando os argumentos do governo português contra essas sanções, como ouvimos hoje pela voz do Comissário Moscovici na conferência de imprensa.

A reviravolta da Comissão deixou porém  muitos comentadores e jornalistas desapontados e sem narrativa. Já o PSD e o CDS não sabem bem o que dizer. É que afirmaram que Costa não tinha feito tudo o que devia para evitar as sanções. Deviam agora reconhecer que afinal Costa não só convenceu a Comissão como avisou que iria mais longe do que eles algum vez admitiriam caso as sanções tivessem sido aplicadas.

Aguarda-se ainda uma palavra de Passos Coelho reconhecendo o empenho e a eficácia das diligências de António Costa junto das instituições europeias em defesa do País contra as sanções por incumprimento do défice pelo governo do PSD e do CDS.

Esta entrada foi publicada em Comunicação e Política, Governo, Jornalismo, Política, Sociologia dos Média com as etiquetas , , . ligação permanente.

7 respostas a Sanções: aguarda-se ainda uma palavra de Passos Coelho

  1. S. Bagonha diz:

    Difícil Dra., muito difícil. É que se há coisa que o homem não tem é mesmo palavra.

  2. MANUELMartinsTorres diz:

    Que ha-de dizer ? Nada pois quem andou 4 anos e meio a lamber botas ,e nada conseguiu resolver a única coisa que tem a fazer é estar calado.!!!!
    Ou então dar os PARABENS ao governo apoiado pela GERINGONCADA,que apesar de chantagiada ,boicotado ,ignorada etc. Ainda impõe algum respeito coisa que que uns palhacitos ,que se diziam muito inteligentes ,e bem comportados ,e bons alunos se calhar não conseguiam .disse

  3. J. Madeira diz:

    Desde da “carraspana” nas festividades do Chão da Lagoa, o Passoilo meteu baixa
    médica! Quem falou pelo PSD foi o deputado M. Macedo que, dizem as más línguas,
    lhe escreve a maior parte dos discursos … contudo, não foi muito eloquente!!!

  4. carlosalvares diz:

    Passos Coelho responder……..pelo menos vai levar muito tempo. Agora está ele reunido com os seus apaniguados, procurando o que dizer. No entanto, como é raro dizer coisa de jeito, o melhor é ficar calado. Chaubet

    No dia 27 de julho de 2016 às 23:54, VAI E V

  5. F Soares diz:

    …está com gripe, não pode comentar.

  6. ribeiro diz:

    Excelente como sempre as suas analises.

  7. Já fiz um comentário mais completo. Agora uma repetição sintética: PARABÉNS AO “ACTUAL” GOVERNO Carlos Patrício Álvares ( Chaubet)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s