O Presidente e o fotógrafo

marcelo-almoca-com-candidatos

Esta fotografia, publicada hoje no Público, assinala a iniciativa do Presidente Marcelo no primeiro aniversário da sua eleição de juntar em Belém os candidatos que com ele concorreram a essa eleição.

A imagam é uma metáfora poderosa: enquanto os seus convidados e ex-concorrentes desfrutam o momento em que o Presidente os juntou na varanda do palácio e conversam entre si, o Presidente avança isolado para a objectiva do fotógrafo olhando para nós como se estivesse num estúdio de televisão falando para os telespectadores. Como Presidente ou como comentador, a televisão é o seu habitat natural.

O fotógrafo  captou Marcelo na varanda, mas ele já não estava ali porque Marcelo nunca está onde está. Fugidio e imprevisível o Presidente está sempre no momento seguinte ao momento presente.

Esta é uma daquelas fotografias que justificam o aforismo: “Uma imagem vale mais que mil palavras”.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em imagens, Presidente da República. ligação permanente.

2 respostas a O Presidente e o fotógrafo

  1. Anónimo diz:

    A Constituição Portuguesa define um Presidente, da República, essencialmente apagado no quotidiano.
    Não é poder Executivo. Muito menos poder Legislativo. Não é Rei, por muito que quiçá alguns o tivessem almejado. A Corte, republicanamente fiel, não é composta por Nobres Damas e Cavalheiros consanguíneos. De alí não virá envenenamento ou morte por rivais ao título.

    Entretanto diferentes egos passaram como o #1 do casarão em Belém. Acomodaram-se ou esbracejaram, melhor ou pior, discutivelmente, nas baias constitucionais. E até não vai grande mal ao mundo o tão visível desajustamento temperamental do actual personagem à definição do cargo.
    Mas sim, discutivelmente sequioso de protagonismos, quase que em patologia, vai custar um bocado a acomodar-se, a pousar, a aceitar o seu poder político constitucional, que afinal é um ou 8 ou 80. Incomodada tentação, quase que incontrolável, para um hiperactivo.
    Pousará algum dia, nos longos anos que restam, nos apagados 40, ou não?.
    Mas não é mau homem, nem é mal formado, diga-se. O que já é muito.

  2. carlosalvares diz:

    O Presidente Marcelo vai a todas. Até aqui, com o engodo da fotografia ou não, simpaticamente, move-se com todo o à vontade no meio da da assistência. Chaubet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s