Marcelo e Costa: “subtil” aproximação

Cá está um  dos “sinais de distanciamento” do Presidente em relação ao Governo que confirma a previsão de Marques Mendes na SIC :

Público, 03/08/2017

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Comunicação e Política, Governo, Jornalismo, Presidente da República com as etiquetas . ligação permanente.

2 respostas a Marcelo e Costa: “subtil” aproximação

  1. Manuel Rocha diz:

    No telejornal da noite de ontem ( 9.8 ), cerca do minut 3, JRS afirma que a MAI “acusou a GNR de não ter enviado ninguém para a EN …”. As declarações da M que são reportadas, não suportam esta afirmação. A maioria dos jornais, sobre as mesmas declarações, interpretou que a MAI tinha “ilibado” a GNR. Gostava de ler o seu comentário a este tipo de ….ia escrever jornalismo da RTP, que autoriza interpretações tão graves sem sequer pedir esclarecimentos adicionais, mas não sei como lhe chame.

  2. JS diz:

    Num primeiro mandato presidencial em Portugal nunca haverá distanciamentos, subtis ou não, reais ou teatrais, sejam eles entre um PR de origem PS ou PSD, com um PM em exercício do PS ou com um PM em exercício do PSD, pela simples razão que “estabilidade” rima com “re-eleição” presidencial.
    O primeiro mandato presidencial em Portugal é um casamento por mútuo interesse, entre uma partidocracia e uma muito desejada re-eleição presidencial. Funciona..
    Esta amalgama de díspares grupos político-partidários e interesses presidenciais, que vigora desde o pós 25 de Abril, “funciona-lhes” perfeitamente. E até é constitucional.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s