Pegou a moda das línguas afiadas

Segundo os jornais, o ex-ministro Álvaro Santos Pereira “regressou ao Parlamento de língua afiada” para falar das contrapartidas no caso Submarinos.

Álvaro Santos Pereira disse aos deputados da comissão parlamentar que está a investigar o assunto:  “Recusei todas as opiniões que me diziam para não falar nem mexer neste dossier, de pessoas ligadas ao meu gabinete, de amigos, que diziam que este assunto tem grande passivo reputacional devido a ser uma questão polémica há muito tempo”. 

Pelos vistos, pegou a moda das revelações bombásticas feitas ao retardador. Já não são só os jornalistas que afinal sabiam tudo (ou quase) sobre o BES/GES mas não disseram, ou disseram mas ninguém lhes ligou: Também o presidente da CMVM  foi dizer ao Parlamento que foi muito pressionado pelo BES.

Agora, também sobre os Submarinos, ex-ministros dizem coisas que até há pouco guardavam sabe-se lá porquê. Sobre as contrapartidas militares, Álvaro classifica-as de  “imaginárias” e  não quis revelar quem eram as pessoas que o aconselhavam a não “mexer” nisso.  E Luís Amado, ex-ministro socialista chama-lhes “um embuste”!

Com a temperatura a subir, a coisa promete. Este ano não há silly season mas há “línguas afiadas”!

 

 

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Assembleia da República, Justiça, Política. ligação permanente.

Uma resposta a Pegou a moda das línguas afiadas

  1. antonio cristovao diz:

    Na paroquia pequenina em que todos estão comprometidos só se sabe um pouco mais quando se enervam as comadres.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s