Um clima de suspeitas está a minar a pré-campanha eleitoral

Banco de Imagem - suspeita, palavra, marca pergunta, fundo, maravilha, suspeito. Fotosearch - Busca de Imagens, Fotografia Poster, e Fotos Clip ArtJá deu para perceber que o tempo que falta até às eleições legislativas vai ser dominado por casos de justiça atingindo figuras políticas ligadas aos partidos que têm governado o País.

Todos nos lembramos como começou o “caso Freeport” que depois deu em nada para o principal visado, José Sócrates, nunca ouvido nem constituído arguido. Apesar disso, Sócrates ficou indelevelmente “marcado” e nunca deixou de ser suspeito para o chamado “grande público” que lê e vê a imprensa e a televisão tablóides.

Sócrates está agora preso mas a sua destruição através dos media não parou, mercê de um perverso conluio entre a justiça e alguma imprensa. As fugas de informação são contínuas, não se sabendo o que é real e o que é inventado. O caso tornou-se ainda mais escabroso com o episódio do Facebook em que juízes e procuradores mostraram quão felizes os deixou a prisão do ex-primeiro ministro. A reacção da sua ex-mulher, Sofia Fava, à posição da procuradora-geral foram a sequência lógica dos acontecimentos anteriores.

Temos agora o PSD  com dois dirigentes envolvidos em suspeitas: Miguel Macedo e Marco António Costa. Dir-se-ia que uma mão invisível quer impedir que a coligação PSD-CDS aproveite a prisão de Sócrates para atacar o PS na campanha eleitoral. Alguns pensarão que a Justiça é afinal, justa, ou, pelo menos, pluralista.  A um suspeito do lado do PS corresponderá outro suspeito do lado do PSD-CDS. Temos, portanto, ainda uns meses para novos suspeitos.

Ora, este clima de concubinato entre a justiça, a política e os media, é insuportável em democracia. São condenáveis as fugas de informação que envolvem o caso Sócrates e é condenável deixar em banho-maria as suspeitas sobre Miguel Macedo e agora Marco António Costa.

Da justiça espera-se que faça o seu trabalho com celeridade e recato. Que investigue o que tem de investigar, acuse quem tiver de acusar e arquive se não encontrar provas. Alimentar, em vésperas de eleições, este clima podre de suspeitas e de acusações contra políticos, é não perceber que se está a desacreditar o sistema político, pilar essencial de uma democracia.

 

 

 

Advertisements
Esta entrada foi publicada em Imprensa, Justiça, Política com as etiquetas , , . ligação permanente.

4 respostas a Um clima de suspeitas está a minar a pré-campanha eleitoral

  1. ViriatoaPedrada diz:

    A justiça parece estar ainda na Idade Média. Depois das cabras e dos cabritos, ainda sobra onde há fumo há fogo. As fogueiras já foram acesas no Rossio, só falta trazer o preso 44 de Évora e queima-lo na fogueira, porque o auto de fé já foi pronunciado pelo CM,I e Sol.http://viriatoapedrada.blogspot.pt/2014/07/a-maior-cabala-e-mentira-depois-de-74.html

  2. J. Madeira diz:

    A Justiça tem a desculpa, dada a evolução tecnológica, pouco séria de
    que, o seu tempo é diferente do tempo de todos nós, corre mais devagar
    por ser preciso usar muita ponderação … nada mais falacioso!
    Segundo, o advogado de José Sócrates o procurador até retardou a vinda
    dos elementos que pediu às autoridades suiças, para alongar o tempo pa-
    ra investigação! Com a cadência quase mensal, vai encetando acções com
    o fito de alimentar o julgamento público, no próximo mês devem ir colher
    mais elementos para a operação “Marquês” à Torre do Tombo … tudo por
    causa dos negócios da pimenta que vinha da Indias e dos ouros vindos
    do Brasil decerto que haverá uma qualquer ligação com Sócrates!!!

  3. cristof9 diz:

    As más linguas “inventam” famas a pessoas nitidamente sérias. Mas a realidade (continuo a acreditar que apesar da falta de meios que os governos “distraidamente não têm suprido os juizas são sérios e fazem o seu trabalho com independencia de quem é o suspeito) continua a desmentir os que com muito boas intenções negam os indicios; por vezes com argumentos falaciosos de que serão “inocentes” até ao supremo. Até parece que foi tudo claro no ultimo supremo!!

  4. llopes49 diz:

    Tudo bem,não há fumo sem fogo,mas há fumo com combustão lenta,daquela que se não vê.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s